Plano de Saúde deve fornecer Prótese Peniana? - Galvão & Silva Plano de Saúde deve fornecer Prótese Peniana? - Galvão & Silva

Plano de Saúde deve fornecer Prótese Peniana?

Converse com um advogado

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato personalizado:

14/09/2020

3 min de leitura

Atualizado em 15/09/2020

Plano de Saúde deve fornecer Prótese Peniana?

Segundo os urologistas, a Doença de Peyronie, geralmente, começa a se manifestar em pessoas com mais de 50 anos e ocorre quando uma placa fibrótica ou de um nódulo se desenvolve no pênis, comprometendo sua elasticidade, o que dificulta a ereção, pois esses distúrbios provocam distorções na forma e inclinação do pênis. Diante desse quadro clínico, o paciente acaba se submetendo a cirurgia de prótese peniana.

Fale com um advogado especialista.

As pessoas acometidas por essa doença dificilmente conseguem o tratamento custeado pelo plano de saúde para adquirir a prótese peniana. Nesse caso, são obrigadas a ajuizar uma ação judicial, em razão da recusa por parte da empresa operadora de planos de seguro de saúde em fornecer material necessário para realização de cirurgia para colocação de prótese peniana, que, inclusive, teve indicação expressa do médico para tratamento da Doença de Peyronie.

O escritório de advocacia, especialista em direito à saúde, tem conseguido decisões liminares para o fornecimento de prótese peniana, uma vez que as operadoras de planos de saúde não podem recusar custear o material para a cirurgia prescrita pelo laudo médico, sob o fundamento de que haveria previsão contratual expressa que a exime de cobertura de tratamento não constante de Rol de Procedimentos da Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS.

A jurisprudência dos tribunais, especialmente do Superior Tribunal de Justiça – STJ, afirma que o fato de o medicamento não estar no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde da ANS não constitui óbice ao seu fornecimento, haja vista que o Rol é meramente exemplificativo e não taxativo, portanto, não esgota os procedimentos que devem ser cobertos pelas operadoras dos planos de saúde.

Além disso, é totalmente legítima a expectativa do paciente/consumidor de que a operadora de plano de saúde realizará o custeio dos materiais e instrumentos necessários para resultar um tratamento efetivo, de acordo com as recomendações feitas pelo médico. Portanto, seja qual for a prótese o consumidor tem o direito de optar pela que melhor lhe atenda.

Por meio de ação judicial, nossos advogados têm obtido decisões liminares para que os pacientes tenham direito desde prótese peniana ou qualquer outra indicada pelo médico. A recusa em fornecer a cirurgia de prótese pelo plano de saúde é claramente abusiva por impedir o paciente de receber o tratamento com método mais moderno disponível, ainda mais porque incumbe ao médico, e não ao plano de saúde, a tarefa de decidir qual o tratamento a ser dado ao paciente, bem como a orientação terapêutica a ser tomada em cada caso.

É importante destacar também que nesses casos de recusa abusiva de cobertura de custeio de material essencial à cirurgia necessária ao tratamento de doença grave, que acomete o consumidor, gera, por si só, constrangimento e angústia, emergindo o dever de reparar.

Portanto, diante desse desamparo no custeio de tratamento médico essencial que ocasiona efeitos negativos permanentes à integridade física e psíquica do paciente/consumidor, é claramente devida a reparação a título de dano moral.

Por isso, em caso de negativa do plano de saúde é importante procurar um advogado especialista em Direito Médico, profissional com capacidade de combater as irregularidades cometidas pelas operadoras de planos de saúde.

Ficou com dúvidas? Entre em contato e agende uma consultoria!

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Urgência e Emergência: Na Negativa de Plano...

Por Galvão & Silva Advocacia

25 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Auxílio-doença: O que Você Precisa Saber...

Por Galvão & Silva Advocacia

22 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Erro Hospitalar e Erro Médico: Entendendo as...

Por Galvão & Silva Advocacia

17 abr 2024 ∙ 6 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Homologação de sentença estrangeira

Por Galvão & Silva Advocacia

15 jun 2014 ∙ 41 min de leitura

Direito Administrativo

Por Galvão & Silva Advocacia

29 abr 2014 ∙ 28 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.