Lei 9605 de Crimes Ambientais: O que é e Quais os Tipos Lei 9605 de Crimes Ambientais: O que é e Quais os Tipos

Lei 9605 de Crimes Ambientais: O que é e Tipos de Penas para Empresas

Por Galvão & Silva Advocacia

0 Comentários

9 min de leitura

lei-9605

A Lei 9605, também conhecida como “Lei de Crimes Ambientais“, é uma legislação brasileira que trata das infrações e crimes ambientais, bem como das penalidades e medidas aplicáveis a essas transgressões. 

Ela foi promulgada em 12 de fevereiro de 1998 e tem como objetivo principal a proteção do meio ambiente, a preservação dos recursos naturais e a punição de atividades que causem danos ao ecossistema.

A Lei 9605 estabelece uma série de normas e disposições para regulamentar as condutas que impactam negativamente o meio ambiente, tais como desmatamento ilegal, poluição, caça e pesca predatória, tráfico de animais silvestres, entre outras atividades que comprometem a saúde do ecossistema. Sendo assim, com base na relevância da temática, os advogados do escritório Galvão & Silva Advocacia elaboraram este artigo.

Quais são as condutas consideradas infrações ou crimes ambientais de acordo com a Lei 9605?

A Lei 9605 abrange uma ampla gama de condutas que são consideradas infrações ou crimes ambientais no Brasil. Essas condutas podem variar em gravidade e impacto, e a legislação estabelece penalidades proporcionais às transgressões cometidas. Algumas das condutas consideradas infrações ou crimes ambientais de acordo com a Lei 9605 incluem:

  • Destruição de Ecossistemas: Danos deliberados a ecossistemas sensíveis, como manguezais, dunas e áreas de preservação permanente;
  • Caça Ilegal: Captura ou abate de animais silvestres sem autorização, especialmente de espécies ameaçadas ou protegidas;
  • Lançamento de Resíduos Perigosos: Descarte inadequado de substâncias tóxicas, resíduos industriais ou produtos químicos perigosos no meio ambiente;
  • Queimadas Não Autorizadas: Uso indiscriminado do fogo em áreas florestais ou de vegetação, sem autorização ou controle.
  • Construções Irregulares em Áreas de Preservação: Realização de construções ou obras em áreas protegidas, como reservas naturais e margens de rios;
  • Descarte de Resíduos Sólidos em Locais Inadequados: Despejo de lixo ou resíduos em áreas não autorizadas, como terrenos baldios ou corpos d’água;
  • Impacto em Terras Indígenas e Quilombolas: Ações que prejudicam terras tradicionalmente ocupadas por comunidades indígenas e quilombolas.
Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Essas são apenas algumas das condutas abordadas pela Lei 9605. A legislação visa coibir práticas que causem danos ao meio ambiente, promovendo a proteção da natureza e a conscientização sobre a importância da preservação ambiental. As penalidades variam de acordo com a gravidade da infração e podem incluir multas, restrições de atividades e até mesmo detenção.

Quais são as penalidades e medidas aplicáveis às transgressões previstas na Lei 9605?

A Lei 9605 estabelece uma variedade de penalidades e medidas aplicáveis às transgressões ambientais, visando punir as infrações, reparar os danos e desencorajar práticas prejudiciais ao meio ambiente. 

As penalidades podem variar, abrangendo desde multas pecuniárias até a prestação de serviços à comunidade e a suspensão de atividades. Além disso, a lei prevê a recuperação de áreas degradadas, a perda ou restrição de bens e direitos, interdição de estabelecimentos, detenção e reclusão em casos graves

A responsabilidade penal das pessoas jurídicas também é contemplada, permitindo a punição de empresas por infrações cometidas por seus representantes. Em certos cenários, é possível firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para estabelecer medidas de reparação ou prevenção. A aplicação das penalidades considera fatores individuais de cada caso, com o intuito de assegurar responsabilidade, reparação e conscientização em relação à preservação ambiental.

Como a Lei 9605 aborda a questão da responsabilidade ambiental das pessoas físicas e jurídicas?

A Lei 9605 aborda a questão da responsabilidade ambiental das pessoas físicas e jurídicas de maneira abrangente, estabelecendo mecanismos para garantir que ambas as categorias sejam responsabilizadas por suas ações e omissões que causem danos ao meio ambiente. 

A legislação reconhece a importância de promover a conscientização e a preservação ambiental, buscando prevenir práticas prejudiciais. Aqui estão alguns aspectos-chave da forma como a Lei 9605 aborda essa responsabilidade:

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Responsabilidade Penal das Pessoas Físicas

A Lei 9605 estabelece que as pessoas físicas podem ser responsabilizadas criminalmente por infrações ambientais. Isso significa que indivíduos que praticam condutas consideradas ilegais e danosas ao meio ambiente podem ser punidos com penalidades, como multas, prestação de serviços à comunidade ou até mesmo detenção em casos mais graves.

Responsabilidade Penal das Pessoas Jurídicas

A legislação também reconhece a responsabilidade penal das pessoas jurídicas, ou seja, empresas e organizações. Isso permite que empresas sejam responsabilizadas por infrações ambientais cometidas por seus representantes ou em seu nome. As penalidades podem incluir multas significativas, a suspensão de atividades e até a dissolução da empresa em casos extremos.

Cultura de Conformidade Ambiental

A Lei 9605 incentiva a criação de uma cultura de conformidade ambiental nas empresas, onde a responsabilidade ambiental é incorporada às práticas cotidianas. Empresas são encorajadas a adotar medidas para prevenir danos ao meio ambiente e evitar ações que possam resultar em infrações.

Prevenção e Educação Ambiental

A Lei 9605 também valoriza a prevenção e a educação ambiental como formas de evitar infrações. Ela prevê medidas que promovam a conscientização sobre a importância da preservação ambiental e incentivam a adoção de práticas sustentáveis.

Desse modo, a Lei 9605 busca assegurar que tanto as pessoas físicas quanto as jurídicas sejam responsáveis por suas ações em relação ao meio ambiente. Ao estabelecer penalidades, medidas corretivas e preventivas, a legislação busca promover uma abordagem mais consciente e responsável em relação aos recursos naturais e à preservação do ecossistema.

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Como a Lei 9605 lida com atividades como desmatamento ilegal, poluição, tráfico de animais silvestres e pesca predatória?

A Lei 9605 aborda atividades como desmatamento ilegal, poluição, tráfico de animais silvestres e pesca predatória de maneira rigorosa, considerando-as como infrações ou crimes ambientais que requerem punições e medidas corretivas. Vejamos como a legislação trata cada uma dessas atividades:

Desmatamento Ilegal

A Lei 9605 considera o desmatamento ilegal como uma infração ambiental grave. Ela estabelece penalidades para aqueles que realizam corte de árvores em áreas protegidas, reservas legais ou sem autorização legal. As multas podem variar de acordo com a extensão do desmatamento e o valor dos recursos naturais destruídos.

Poluição Ambiental

A legislação aborda diversos tipos de poluição, incluindo a poluição do ar, da água e do solo. Aqueles que lançam resíduos ou substâncias poluentes no meio ambiente sem autorização estão sujeitos a penalidades que podem incluir multas, suspensão de atividades e medidas para reparação do dano causado.

Tráfico de Animais Silvestres

O tráfico de animais silvestres é tratado como uma infração grave pela Lei 9605. A captura, transporte, comércio ou criação ilegal de animais protegidos ou ameaçados de extinção é considerado crime ambiental. A legislação prevê penalidades significativas para quem se envolve nesse tipo de atividade, incluindo multas e detenção.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Pesca Predatória

A pesca predatória, que envolve práticas que não respeitam as regulamentações estabelecidas para a preservação das espécies aquáticas, é abordada pela Lei 9605. A legislação estabelece multas e outras penalidades para aqueles que pescam em épocas proibidas, utilizam métodos ilegais ou excedem os limites de captura.

Nesse contexto, a Lei 9605 busca prevenir e punir atividades que causem danos significativos ao meio ambiente, à biodiversidade e ao equilíbrio ecológico. Ela visa conscientizar a sociedade sobre a importância da preservação ambiental e promover a responsabilidade individual e coletiva na proteção dos recursos naturais. Através da imposição de penalidades e medidas corretivas, a legislação contribui para a conservação do meio ambiente e a promoção da sustentabilidade.

Quais são as medidas de reparação do dano ambiental estabelecidas pela legislação?

A Lei 9605 estabelece medidas de reparação do dano ambiental como parte das consequências das infrações e crimes ambientais. Essas medidas visam restaurar, na medida do possível, o equilíbrio ecológico, compensar os danos causados ao meio ambiente e promover a recuperação das áreas afetadas. Algumas das principais medidas de reparação do dano ambiental previstas pela legislação incluem:

Recuperação da Área Degradada

A pessoa responsável pelo dano ambiental pode ser obrigada a promover a recuperação da área afetada, realizando ações como o replantio de vegetação nativa, a restauração de ecossistemas e a revitalização de recursos hídricos.

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Indenização Financeira

Além das multas aplicadas, a legislação pode determinar que o infrator pague uma indenização financeira como forma de compensar os danos causados ao meio ambiente. Esses valores podem ser direcionados para ações de recuperação ambiental.

Realização de Projetos Ambientais

O infrator pode ser obrigado a financiar ou realizar projetos ambientais que contribuam para a preservação e recuperação do meio ambiente, como a criação de áreas de conservação, programas de educação ambiental e iniciativas de reflorestamento.

Compromisso de Não-Reincidência

Em alguns casos, a pessoa responsável pelo dano pode ser obrigada a firmar um compromisso de não reincidência, comprometendo-se a não praticar novamente ações que causem prejuízos ao meio ambiente.

Suspensão de Atividades

A legislação permite a suspensão das atividades do infrator que estejam causando danos ambientais, como forma de prevenir a continuidade dos impactos negativos.

Desapropriação

Em situações extremas, quando as medidas de reparação não são suficientes, a legislação pode permitir a desapropriação de propriedades onde ocorreram danos ambientais graves.

É importante destacar que as medidas de reparação do dano ambiental podem variar de acordo com a gravidade da infração e as características específicas de cada caso

A ideia central é buscar a restauração do ambiente afetado, a prevenção de novos danos e a promoção da sustentabilidade. A aplicação dessas medidas é supervisionada por órgãos ambientais e judiciais para garantir que os danos sejam devidamente reparados e que o meio ambiente seja protegido.

Importância de um escritório de advocacia especialista na Lei de Crimes Ambientais

Um escritório de advocacia especializado na Lei de Crimes Ambientais desempenha um papel fundamental na defesa dos interesses de indivíduos, empresas e organizações em questões relacionadas a infrações e crimes ambientais. 

Em casos de infrações ou crimes ambientais, o escritório atua como defensor legal dos clientes, preparando argumentos sólidos, revisando provas e representando-os nos procedimentos judiciais. Isso é essencial para proteger os interesses dos clientes e garantir um processo justo.

Em suma, um escritório de advocacia especializado na Lei de Crimes Ambientais é essencial para proteger os interesses de seus clientes em casos envolvendo questões ambientais. Sua expertise legal, capacidade de defesa, orientação preventiva e habilidades de negociação contribuem para garantir que seus clientes estejam em conformidade com a legislação e possam enfrentar qualquer desafio legal relacionado ao meio ambiente de maneira eficaz e informada.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

O escritório Galvão & Silva Advocacia conta com um time de profissionais especialistas em casos que envolvem crimes ambientais que podem lhe ajudar no que for preciso. Entre em contato agora mesmo e agende uma consultoria. Estamos à sua disposição.

5/5 - (1 vote)

___________________________

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15.


Atualizado em 16 de outubro de 2023

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado

Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.

Posts relacionados

Como um Advogado Criminalista Atua em Crime...

Por Galvão & Silva Advocacia

11 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Advogado Criminalista e a Defesa de Crime...

Por Galvão & Silva Advocacia

22 mar 2024 ∙ 8 min de leitura

Desmistificando o Processo Administrativo...

Por Galvão & Silva Advocacia

17 jan 2024 ∙ 8 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 8 min de leitura

Homologação de sentença estrangeira

Por Galvão & Silva Advocacia

15 jun 2014 ∙ 41 min de leitura

Direito Administrativo

Por Galvão & Silva Advocacia

29 abr 2014 ∙ 21 min de leitura

Onde nos encontrar

Goiânia - GO

Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030

São Paulo - SP

Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200

Belo Horizonte - BH

Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138

Águas Claras - DF

Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770

Fortaleza - CE

Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191

Florianópolis - SC

Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200

Natal - RN

Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270

Salvador - BA

Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021

Teresina - PI

Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770

Curitiba - PR

Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010

João Pessoa - PB

Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Auarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.