Quais os Tipos de Doação em Vida ? Quais os Tipos de Doação em Vida ?

Quais os Tipos de Doação em Vida ?

Por Galvão & Silva Advocacia

0 Comentários

8 min de leitura

tipos-de-doacao-em-vida

No Brasil, há vários tipos de doação em vinda, tais como doações a favor de descendentes, ascendentes, cônjuge ou companheiro que podem ser doação pura e simples, doação com encargo ou doação com usufruto que é a mais comum. Entretanto, há outros tipos de doação em vida que podem ser feitos, como a doação a termo, por exemplo. É importante destacar ainda que cada tipo de doação possui requisitos específicos, e é recomendável buscar orientação de um advogado especializado em Direito de Família para garantir que a doação seja realizada de acordo com a legislação vigente.

Neste artigo abordaremos os tipos de doação em vida que podem ser feitos no Brasil, tratando das principais características de cada uma delas, bem como responder questões relevantes sobre o tema. Acompanhe e saiba mais!

Quais os tipos de doação?

Dentre os tipos de doação de bens no Brasil, podemos citar os seguintes:

Doação Pura e Simples

A doação pura e simples refere-se à transferência gratuita de bens, sem impor condições ou encargos. Trata-se, portanto, de um ato voluntário em que o doador entrega um bem ao donatário de forma irrestrita;

Doação com Encargo

Na doação com encargo, o doador impõe certas condições ou obrigações ao donatário. Isso significa que a posse do bem doado está condicionada ao cumprimento de determinadas cláusulas, como destinar o bem para uma finalidade específica;

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Doação Modal

A doação modal envolve a imposição de ônus ou encargos ao donatário. Esses encargos podem ser de natureza única ou periódica, e o beneficiário da doação deve respeitar as condições estipuladas pelo doador;

Doação a Termo

Neste tipo de doação, os efeitos só se concretizam em um momento futuro determinado por prazo ou condição suspensiva. Por exemplo, a doação de um imóvel pode ser condicionada ao beneficiário atingir uma determinada idade;

Doação com Reserva de Usufruto

A doação com reserva de usufruto permite que o doador mantenha o direito de usufruir do bem doado durante sua vida, mesmo que a propriedade formal seja transferida para o donatário;

Doação de Imóveis por Escritura Pública

A doação de imóveis deve ser formalizada por meio de escritura pública em cartório, conforme estabelecido na Lei dos Registros Públicos (Lei nº 6.015/73). Esse procedimento garante a validade e a publicidade da doação;

Doação Colacionável

A doação colacionável é aquela que integra a herança, sendo considerada no momento da partilha. É necessário que o donatário, ao receber a doação, colabore com o montante doado no momento da partilha dos bens do doador entre os herdeiros, conforme previsto no Código Civil.

Por fim, vale frisar que a doação em vida evita a ocorrência de brigas entre os herdeiros, uma vez que esses bens doados não farão parte do inventário que será aberto apenas após a morte do doador dos bens.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Quais as doações de bens que podem ser feitas em vida?

Qualquer tipo de doação pode ser feita em vida. No entanto, é de suma importância frisar que qualquer tipo de doação de bens realizada em vida deve respeitar as limitações legais e o direito dos herdeiros legítimos. Desse modo, independentemente dos bens envolvidos que pode ser imóveis, veículos, jóias, obras de arte, objetos pessoais, devido à limitação legal, o doador poderá dispor no máximo 50% do seu patrimônio. Por esse motivo, não é possível doar a totalidade do patrimônio, mas apenas metade dele.

Como fazer doações de bens em vida?

A doação de imóveis é o ato de transferir a propriedade de um bem para herdeiros ou terceiros, podendo ser gratuita ou condicionada a contraprestações definidas pelo doador em vida.

Confira agora um passo a passo simplificado de como fazer doação de bens em vida:

  • Consulte um Advogado Especializado: antes de iniciar o processo, consulte um advogado especializado em Direito de Família para obtenção de orientações sobre como proceder no seu caso específico;
  • Escolha o Tipo de Doação: determine se será uma doação pura e simples, com encargos, com reserva de usufruto, entre outras opções;
  • Levantamento de Documentos: reúna documentos pessoais, comprovante de propriedade do imóvel, certidões necessárias e informações sobre as condições da doação;
  • Avaliação dos Bens: avalie o valor do imóvel, principalmente se for realizar a doação para herdeiros, respeitando a cota parte permitida;
  • Elaboração do Instrumento de Doação: com auxílio do advogado, elabore o instrumento de doação detalhando as condições, como usufruto ou inalienabilidade;
  • Registro em Cartório: realize o registro da doação em cartório, especialmente se envolver imóveis, para garantir sua validade.
Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Pode doar todos os bens em vida para os filhos?

A resposta curta para esta pergunta é: Depende do caso! Isso porque a possibilidade de doar todos os bens em vida para os filhos é condicionada a algumas limitações legais, e é importante considerar que existem tais limitações para evitar abusos e proteger os herdeiros legítimos. Confira agora alguns pontos a serem considerados:

  • Legítima dos Herdeiros: no Brasil, a legislação prevê a chamada “legítima”, que corresponde à parcela dos bens que os herdeiros necessários (descendentes, ascendentes e cônjuge) têm direito por lei. Em geral, a legítima é metade da herança;
  • Reserva de Parte para os Herdeiros Necessários: mesmo para realizar doações em vida, é necessário respeitar a legítima dos herdeiros necessários. Se todos os bens forem doados e ultrapassarem a legítima, a doação pode ser considerada inoficiosa, sujeita a questionamentos judiciais;
  • Adiantamento de Herança: doar todos os bens em vida aos filhos será interpretado como um adiantamento de herança. Nesse caso, as doações serão consideradas parte da legítima, e a distribuição restante deverá ocorrer por herança legal após o falecimento;
  • Regime de Casamento: o regime de casamento do doador influencia a possibilidade de doação. Em alguns regimes, como o de comunhão total de bens, a doação de todos os bens é mais complexa; 
  • Anuência dos Herdeiros: em alguns casos, pode ser necessário obter a anuência de todos os herdeiros para evitar futuros questionamentos;
  • Validade da Doação: as doações devem ser feitas de forma voluntária, sem vícios de consentimento, coerção ou fraude. Doações realizadas sob pressão ou manipulação podem ser questionadas judicialmente;
  • Implicações Fiscais: além das questões legais, é importante considerar as implicações fiscais das doações, como o Imposto sobre Transmissão Causa Mortis e Doação (ITCMD).

Portanto, embora seja possível realizar doações em vida, a doação de todos os bens para os filhos deve ser feita com cautela e em conformidade com as leis vigentes. Por esse motivo, recomenda-se consultar um advogado especializado em Direito Sucessório para orientação personalizada, considerando o contexto específico e as leis aplicáveis no momento da doação.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Pode fazer doação para um único filho?

Sim, é possível fazer doação de bens para um único filho. No entanto, é importante considerar as regras legais relacionadas à legítima dos herdeiros, que são parte do patrimônio garantida por lei, conforme mencionado anteriormente, de modo que a doação deve respeitar essas regras para evitar futuros questionamentos judiciais.

Precisa de advogado para fazer doação por escritura pública?

Embora não seja obrigatório por lei, para fazer uma doação por escritura pública, é recomendável contar com a orientação de um advogado especializado em doação. 

O advogado utilizará seus conhecimentos técnicos para a elaboração da escritura, garantindo que todos os requisitos legais sejam atendidos. Além disso, ele pode fornecer aconselhamento jurídico específico para a sua situação, assegurando que a doação seja feita de maneira adequada e em conformidade com a legislação vigente. 

Por fim, tenha em mente que a participação de um advogado especializado em Direito de Família e Sucessões, contribuirá para evitar possíveis problemas legais no futuro relacionados à doação, como questionamentos judiciais, por exemplo.

Quanto custa uma escritura de doação de imóvel em vida?

Os custos associados à escritura de doação de imóvel em vida podem geralmente superam o valor de R$ 3 mil, dependendo de vários fatores, incluindo o valor do imóvel, a localização e as taxas praticadas pelos cartórios

As taxas cartorárias variam de acordo com a tabela estabelecida pelo cartório de notas da região onde a escritura será lavrada. Essas taxas incluem o custo pela elaboração da escritura e pelos serviços cartorários.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

No entanto, além das taxas do cartório de notas, há o custo do registro no cartório de registro de imóveis, onde a escritura será arquivada e esse valor depende do estado onde se encontra o imóvel e do valor do bem.

Caso você precise de orientação e esteja procurando um advogado especializado em Direito de Família, entre em contato conosco e agende uma consultoria especializada com um dos profissionais do Galvão & Silva! Oferecemos um atendimento rápido e humanizado!

5/5 - (1 vote)

___________________________

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15.
Conheça nossos autores.


Atualizado em 3 de novembro de 2023

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.

Posts relacionados

Indisponibilidade de Bens: Estratégias...

Por Galvão & Silva Advocacia

02 maio 2024 ∙ 10 min de leitura

Advogado para Planejamento Sucessório:...

Por Galvão & Silva Advocacia

11 mar 2024 ∙ 19 min de leitura

Tipos de Sucessão: Quais são? Como...

Por Galvão & Silva Advocacia

28 nov 2023 ∙ 8 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 14 min de leitura

Homologação de sentença estrangeira

Por Galvão & Silva Advocacia

15 jun 2014 ∙ 41 min de leitura

Direito Administrativo

Por Galvão & Silva Advocacia

29 abr 2014 ∙ 28 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.