Recurso de Revista: Compreenda os Requisitos Recurso de Revista: Compreenda os Requisitos

Recurso de Revista: Compreenda os Requisitos

Por Galvão & Silva Advocacia

0 Comentários

10 min de leitura

recurso-de-revista

O recurso de revista é um recurso existente apenas no ramo do direito processual do trabalho, e tem como objetivo a uniformização da jurisprudência de Tribunais Regionais do Trabalho, por meio do Tribunal Superior do Trabalho (TST). 

É um direito que o trabalhador possui, de contestar decisões incongruentes dentro dos tribunais regionais, portanto, é necessário que tenha o auxílio de um advogado trabalhista competente, tendo em vista a dificuldade de admissibilidade do recurso no Tribunal Superior. 

O que é recurso de revista? 

Conforme art. 896, da Consolidação das Leis de Trabalho, o recurso de revista é o recurso cabível contra decisões proferidas em grau de recurso ordinário, pelos tribunais regionais do trabalho (TRT), tem como intuito, a uniformização da jurisprudência. 

As hipóteses de cabimento que serão abordadas nesse artigo, foram introduzidas no nosso ordenamento pela Lei 13.015/2014, que teve como objetivo a celeridade dos processos trabalhistas nos tribunais superiores. 

Art. 896 – Cabe Recurso de Revista para Turma do Tribunal Superior do Trabalho das decisões proferidas em grau de recurso ordinário, em dissídio individual, pelos Tribunais Regionais do Trabalho, quando: (Redação dada pela Lei nº 9.756, de 17.12.1998)

Art. 896, Consolidação das leis de Trabalho 

Dessa forma, cabe ao Tribunal Superior do Trabalho julgar o processo e uniformizar o entendimento para que não haja divergência entre os Tribunais Regionais, em matérias de leis federais, estaduais ou violações diretas à constituição. 

O recurso de revista possui diversos requisitos para sua admissibilidade. Dessa forma, é necessário que tenha o auxílio de advogados competentes e especializados em direito trabalhista, caso necessite entrar com um recurso de revista. 

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Quando é cabível o recurso de revista? 

Como dito anteriormente, o recurso de revista é uma hipótese excepcional, e possui rol taxativo, portanto, não é facilmente admitido nos tribunais superiores, portanto, requer um profissional competente. Ademais, possui diversos requisitos para sua admissibilidade. Neste tópico, veremos quando é cabível esse recurso, e quais são os requisitos para a sua impugnação em decisões proferidas por Tribunais Regionais do Trabalho

Em Lei federal 

A primeira hipótese no art. 896, da CLT, versa sobre a primeira possibilidade de recurso de revista. Dessa forma, é cabível quando há interpretação divergente de dispositivo de lei Federal. Nesse dispositivo, também versa sobre súmula vinculante da corte ou do STF. 

a) derem ao mesmo dispositivo de lei federal interpretação diversa da que lhe houver dado outro Tribunal Regional do Trabalho, no seu Pleno ou Turma, ou a Seção de Dissídios Individuais do Tribunal Superior do Trabalho, ou contrariarem súmula de jurisprudência uniforme dessa Corte ou súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal; (Redação dada pela Lei nº 13.015, de 2014)

art. 896, alínea “a” da CLT

Lei estadual 

A segunda hipótese prevista no art. 896, da Consolidação das Leis de Trabalho, se dá em caso de divergências acerca de lei estadual, convenção coletiva de trabalho, acordo coletivo de trabalho, sentença normativa ou regulamento empresarial, conforme alínea “b”. 

b) derem ao mesmo dispositivo de lei estadual, Convenção Coletiva de Trabalho, Acordo Coletivo, sentença normativa ou regulamento empresarial de observância obrigatória em área territorial que exceda a jurisdição do Tribunal Regional prolator da decisão recorrida, interpretação divergente, na forma da alínea a; (Redação dada pela Lei nº 9.756, de 1998)

art. 896, alínea “b” da CLT
Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Violação em lei constitucional 

Por fim, a terceira hipótese prevista no artigo, está contida em sua alínea “c”, que dispõe acerca da possibilidade do recurso de revista em casos de contrariedade literal à constituição. Dessa forma, é cabível em caso a decisão for literalmente contrária a lei constitucional. 

c) proferidas com violação literal de disposição de lei federal ou afronta direta e literal à Constituição Federal. (Redação dada pela Lei nº 9.756, de 1998)

art. 896, alínea “c” da CLT

Dessa forma, o próprio artigo já deixa claro quais as possibilidades de cabimento do recurso e seu intuito recursal de sanar divergências e uniformizar entendimentos. 

Rito sumaríssimo 

A lei também permite a interposição de recurso de revista em casos específicos no rito sumaríssimo. Conforme art. 852-A, da Consolidação das Leis de Trabalho, rito sumaríssimo são processos que individuais que não ultrapassam quarenta vezes o salário mínimo. 

Art. 852-A. Os dissídios individuais cujo valor não exceda a quarenta vezes o salário mínimo vigente na data do ajuizamento da reclamação ficam submetidos ao procedimento sumaríssimo. (Incluído pela Lei nº 9.957, de 2000)

Art. 852-A, da Consolidação das Leis de Trabalho

As possibilidades vistas nos tópicos anteriores, alineas “a”, “b” e “c” se referiam a ritos comuns. No rito sumaríssimo, o recurso de revista é previsto no art. 896, § 9º, da CLT, nos seguintes casos

  • Contrariedade à súmula de jurisprudência uniforme do Tribunal Superior do Trabalho (TST);
  • Súmula vinculante do Supremo Tribunal Federal e por violação direta da Constituição Federal.

Essa possibilidade de recurso de revista também foi incluída pela lei 13.015/2014, uma vez que possibilitou a celeridade do processo. Tendo visto todas as possibilidades do recurso de revista, veremos os seus pressupostos legais e requisitos

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Requisitos de admissibilidade

Como dito anteriormente, o recurso de revista é um recurso extraordinário, e por isso, é dotado de características especiais de sua natureza. Por isso, em relação aos seus requisitos de admissibilidade, existem os requisitos intrínsecos e extrínsecos

Os requisitos de admissibilidade extrínsecos são requisitos que são pressupostos de todos os recursos, e portanto, fazem parte da natureza do recurso. Já os intrínsecos, são requisitos advindos de sua natureza extraordinária

Dessa forma, temos como requisitos extrínsecos: 

  • Tempestividade (Art. 6º da Lei nº 5.584/1970);
  • Regularidade formal (com as devidas razões);
  • Procuração;
  • Preparo (§§ 1º e 2º do Art. 899 da CLT) e custas processuais;
  • Hipótese de cabimento.

Os requisitos intrínsecos são requisitos não presentes em todos os recursos, e que dizem respeito a pessoa recorrente, diferente dos extrínsecos que tratam de questões processuais. No recurso de revista, os pressupostos de admissibilidade intrínsecos são: 

Prequestionamento 

O recurso de revista tem como requisito de admissibilidade o prequestionamento, nos termos do art. 896, § 1o-A, I, portanto, a parte que está recorrendo deve comprovar que já tratou da matéria recorrida em instância inferior. 

§ 1o-A. Sob pena de não conhecimento, é ônus da parte: (Incluído pela Lei nº 13.015, de 2014)

I – indicar o trecho da decisão recorrida que consubstancia o prequestionamento da controvérsia objeto do recurso de revista; (Incluído pela Lei nº 13.015, de 2014)

Art. 896, Consolidação das leis de Trabalho
Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Transcendência 

Uma das características pessoais do recurso de revista é a transcendência. Prevista no Art. 896-A, § 1o, se refere à possibilidade do tribunal analisar a importância jurídica do tema abordado no recurso, decidindo sobre sua transcendência. Conforme a lei, da decisão denegatória de não transcendência, cabe agravo de instrumento.

Art. 896-A – O Tribunal Superior do Trabalho, no recurso de revista, examinará previamente se a causa oferece transcendência com relação aos reflexos gerais de natureza econômica, política, social ou jurídica. (Incluído pela Medida Provisória nº 2.226, de 4.9.2001)

§ 1o São indicadores de transcendência, entre outros: (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

I – econômica, o elevado valor da causa; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

II – política, o desrespeito da instância recorrida à jurisprudência sumulada do Tribunal Superior do Trabalho ou do Supremo Tribunal Federal; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

III – social, a postulação, por reclamante-recorrente, de direito social constitucionalmente assegurado; (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

IV – jurídica, a existência de questão nova em torno da interpretação da legislação trabalhista. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

§ 2o Poderá o relator, monocraticamente, denegar seguimento ao recurso de revista que não demonstrar transcendência, cabendo agravo desta decisão para o colegiado. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

Art. 896, Consolidação das leis de Trabalho 

Legitimidade

Outro pressuposto de admissibilidade para o recurso de revista é a legitimidade, que se refere a pessoa que pode interpor o recurso. Geralmente se refere a partes ou ao ministério público, mas pode ser interposto por terceiros. 

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Interesse 

Por fim, um dos requisitos de admissibilidade para o recurso de revista é o interesse da parte. O interesse decorre de uma das partes ter perdido a ação, ou seja, não é possível que alguém recorra a uma decisão que foi favorável

Quando não é cabível o recurso de revista? 

O recurso de revista é amplamente abordado pela jurisprudência, e devido a isso, existem hipóteses que foi estabelecido o não cabimento do recurso. Essas hipóteses serão abordadas abaixo

Primeiramente, temos a Súmula 218 do Tribunal Superior do Trabalho, que estabelece que é incabível recurso de revista contra acórdão de TRT em agravo de instrumento. Dessa forma, não é possível recorrer ao recurso de agravo. 

Há também a OJ 334, do Tribunal Superior do Trabalho, que versa sobre a impossibilidade de recurso de revista em acórdão de remessa necessária (ex officio), quando não houve interposição de recurso voluntário pelo ente público. 

Orientação Jurisprudencial 334/TST-SDI-I – 09/12/2003 – Recurso de revista. Administração pública. Remessa necessária («ex officio»). Inexistência de recurso ordinário voluntário de ente público. Incabível. CLT, art. 896. CPC/1973, art. 475, I.

«Incabível recurso de revista de ente público, que não interpôs recurso ordinário voluntário da decisão de primeira instância, ressalvada a hipótese de ter sido agravada, na segunda instância, a condenação imposta.»

OJ 334, TRIBUNAL SUPERIOR DO TRABALHO 
Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Qual recurso interpor contra recurso de revista? 

Caso seja negado seguimento ao recurso, conforme § 12 do art. 896 da Consolidação das leis de Trabalho (CLT), é possível interpor agravo de instrumento no prazo de 8 dias. Na hipótese do agravo não ser provido, não há recurso, conforme o disposto na lei. 

§ 5o É irrecorrível a decisão monocrática do relator que, em agravo de instrumento em recurso de revista, considerar ausente a transcendência da matéria. (Incluído pela Lei nº 13.467, de 2017)

§ 5º do art. 896-A da CLT

Conclusão 

Dessa forma, entende-se que o recurso de revista é essencial para a uniformização de jurisprudência entre tribunais, e para o devido julgamento de questões trabalhistas. Além disso, é essencial para a celeridade dos tribunais superiores. É um recurso repleto de detalhes, e deve ser realizado por um profissional competente e especializado na área. Portanto, procure por advogados capacitados para ajudá-lo em questões trabalhistas, principalmente se necessitar interpor um recurso de revista. 

O escritório Galvão & Silva se destaca como o melhor escritório de advocacia do Brasil em Direito Trabalhista, oferecendo uma abordagem abrangente e especializada para questões relacionadas ao mundo trabalhista. Com uma equipe experiente de advogados, o escritório possui um profundo conhecimento das leis trabalhistas do Brasil e está comprometido em fornecer soluções personalizadas e estratégicas.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Se você ou alguém que você conhece está com problemas em direito trabalhista ou precisa de um advogado para interpor recurso de revista, é essencial procurar aconselhamento jurídico especializado. O escritório Galvão & Silva pode ser uma opção confiável para garantir que seus direitos sejam protegidos e que você receba a representação legal adequada nesse momento de sua carreira. Então, entre em contato conosco e agende uma consultoria. 

5/5 - (3 votes)

Atualizado em 12 de setembro de 2023

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado

Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.

Posts relacionados

Quem Responde PAD pode se Aposentar?

Por Galvão & Silva Advocacia

02 jan 2024 ∙ 8 min de leitura

Quem Paga os Direitos Trabalhistas do...

Por Galvão & Silva Advocacia

14 dez 2023 ∙ 7 min de leitura

Doença Ocupacional: Entenda Tudo Sobre o...

Por Galvão & Silva Advocacia

11 dez 2023 ∙ 22 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 8 min de leitura

Homologação de sentença estrangeira

Por Galvão & Silva Advocacia

15 jun 2014 ∙ 41 min de leitura

Direito Administrativo

Por Galvão & Silva Advocacia

29 abr 2014 ∙ 21 min de leitura

Onde nos encontrar

Goiânia - GO

Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030

São Paulo - SP

Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200

Belo Horizonte - BH

Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138

Águas Claras - DF

Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770

Fortaleza - CE

Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191

Florianópolis - SC

Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200

Natal - RN

Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270

Salvador - BA

Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021

Teresina - PI

Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770

Curitiba - PR

Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010

João Pessoa - PB

Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados.

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Auarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.