Improbidade Administrativa: entenda o que é, tipos e legislação

Improbidade Administrativa: entenda o que é, tipos e legislação

10/01/2023

5 min de leitura

Atualizado em

entenda-o-que-e-improbidade-administrativa-tipos-e-legislacao

Está buscando informações sobre o que é improbidade administrativa?

Saiba que se trata de um ato ilícito que, infelizmente, é muito comum nas organizações públicas do Brasil.

A improbidade administrativa considera-se uma conduta inadequada praticada por agentes públicos ou terceiros que causa danos à Administração Pública.

No sentido de garantir uma conduta apropriada por parte dos agentes públicos, a Lei 8.429/92 foi instituída para dar materialidade ao tema.

Chamada de Lei de – LIA, é popularmente conhecida como “Lei do colarinho branco”.

Que tal entender mais sobre o assunto no nosso artigo? Continue lendo!

O que é improbidade administrativa?

Como mencionamos no início deste artigo, improbidade administrativa, conforme a Lei 8.429/92, é uma conduta imprópria praticada por servidores públicos ou outras pessoas envolvidas no ato, que violam a seriedade da organização do Estado no exercício de suas funções.

De forma resumida, criou-se esse conceito para descrever a corrupção administrativa. Lembrando que improbidade está relacionada com qualquer conduta comissiva ou omissiva exercida por um agente público ao exercer sua função.

Fale com um advogado especialista.

Quais os tipos de improbidade administrativa?

Agora que você já compreendeu o que é improbidade administrativa, saiba que a Lei 8.429/92 estabelece diferentes tipos de condutas inadequadas que podem ser praticadas pelos agentes públicos.

Para te ajudar a entender esse tema, listamos os diferentes tipos de improbidade administrativa. Confira!

Enriquecimento Ilícito

O enriquecimento ilícito é uma conduta imprópria que ocorre sempre que um agente público obtém uma vantagem financeira em razão da sua posição, mandato ou qualquer outra função exercida em uma determinada instituição pública.

Dessa forma, os envolvidos obtêm benefícios para si ou para outra pessoa, acarretando, dessa forma, em prejuízos ao governo.

Atos que causem danos ao erário

Para compreender o que é improbidade administrativa, saiba que quaisquer atos que causem danos ao erário, também configuram um ato impróprio.

Resumidamente, são condutas que causem perda de valores oriundos da administração pública por meio de ações como, por exemplo, a subtração de recursos do governo para interesses particulares ou o uso de recursos públicos de maneira irregular.

Ligue agora e agende uma reunião.

Atitudes que violem os princípios da administração pública

A improbidade administrativa também caracteriza-se por condutas que violam os princípios da administração pública, que incluem moralidade, legalidade, publicidade, eficiência e impessoalidade.

Essas condutas violam as premissas como honestidade, imparcialidade, lealdade e transparências ao sistema público.

O que diz a lei sobre improbidade administrativa?

A legislação sobre improbidade administrativa elenca uma série de situações que configuram esses atos impróprios.

Além disso, é importante saber que durante a pandemia causada pela Covid-19, em 2021, uma nova lei de impropriedade administrativa (Lei nº 14.230/21) foi instituída e sancionada pelo então presidente Jair Bolsonaro, implementando alterações nas regras anteriormente previstas.

Uma das principais alterações trazidas foi a necessidade da forma dolosa para configurar a improbidade. Ou seja, o dolo genérico que era caracterizado anteriormente, hoje, não é mais. Dessa forma, as condutas impróprias, como a imprudência, imperícia e negligência não são mais consideradas atos de improbidade.

Lembrando que esse é apenas um exemplo das mudanças ocorridas com a nova lei, mas há muitas outras.

Fale com um advogado especialista.

Quem pode ser agente de ato de improbidade administrativa?

A prática da improbidade administrativa, normalmente, vem por parte do servidor público, ou seja, um profissional que ocupa um cargo no funcionalismo público.

Porém, a lei determina que além dos agentes públicos, outras pessoas podem praticar uma atitude considerada pela lei de improbidade administrativa, conforme menciona o artigo 3° da Lei n° 8.429/1992, estes são chamados de sujeitos ativos impróprios.

Entretanto, é importante que fique claro que isso somente ocorre caso um agente público esteja envolvido na ação.

O que acontece com quem é condenado por improbidade administrativa?

No caso de improbidade administrativa praticada por um servidor público, normalmente, abre-se uma sindicância, o PAD (Processo Administrativo Disciplinar) para análise e, assim, a aplicação de uma possível punição.

O Processo Administrativo Disciplinar visa a apuração da responsabilidade de funcionário por uma possível infração cometida durante no exercício de suas competências ou mesmo que tenha qualquer tipo de associação com as atividades inerentes ao cargo em questão.

Porém, de forma geral, os órgãos competentes dão início ao processo cível contra o servidor público, sendo possível que haja também processos administrativos e criminais.

Caso seja comprovado o ato de improbidade administrativa, o funcionário público pode ser condenado às mais diversas penalidades, como perda de bens e também da função pública, suspensão temporária dos direitos políticos e pagamento de multa civil.

Além disso, é possível ainda que haja a proibição de contratação com o Poder Público ou de recebimento de benefícios, incentivos fiscais ou creditícios e até o ressarcimento do dano.

Pela lei, essas penas são fundamentais para garantir que a administração pública possa operar de maneira adequada, segura e eficiente.

Ligue agora e agende uma reunião.

Quando recorrer a um advogado nos casos de improbidade administrativa?

A Lei de Improbidade Administrativa tem quase três décadas de existência e ainda causa muitas discussões e controvérsias, principalmente porque muitos acreditam que não há definição clara sobre o que é improbidade administrativa.

Por isso, essa falta de transparência, na visão de alguns profissionais do direito, facilita processos administrativos e judiciais ilegais ou conduzidos de maneira inadequada. Além disso, outro cuidado está relacionado à aplicação de penalidades.

Assim, em casos como esses, a contratação de um advogado especialista é fundamental.

Conclusão

Entender o que é improbidade administrativa é extremamente importante, caso esteja enfrentando esse tipo de processo.

Porém, lembre-se que a contratação de um advogado especialista torna-se muito importante para um processo adequado.

Saiba que a melhor assistência em processos de improbidade administrativa você encontra no escritório Galvão & Silva, que conta com profissionais experientes e especializados.

Precisa de apoio em um processo de improbidade administrativa? Então, fale com a nossa equipe da Galvão & Silva.

Entre em contato e agende a sua consulta para que possamos te ajudar na resolução da sua demanda. Clique aqui!

5/5 - (2 votes)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Reprovação em Investigação Social: Como...

Por Galvão & Silva Advocacia

13 maio 2024 ∙ 8 min de leitura

Acumulação de Cargo Público:...

Por Galvão & Silva Advocacia

10 maio 2024 ∙ 9 min de leitura

Administração Tributária: Detalhe as...

Por Galvão & Silva Advocacia

09 maio 2024 ∙ 10 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.