Homologação de sentença trabalhista: saiba mais!

Homologação de Sentença Trabalhista

17/05/2023

7 min de leitura

Atualizado em

homologacao-de-sentenca-trabalhista

É possível obter a homologação de sentença trabalhista para acordo extrajudicial, sendo de competência das Varas de Trabalho. Porém, o acordo realizado pelo empregador e empregado deve seguir algumas diretrizes para ser válido.

Para requerer a homologação de sentença trabalhista, um acordo extrajudicial pode ser benéfico e célere, porém é necessário verificar se ele está, de fato, alinhado com a legislação.

Nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, possui advogados especialistas em Direito do Trabalho, que atuam frente a acordos extrajudiciais. Neste artigo, vamos falar sobre a homologação de sentença trabalhista e qual a sua importância.

As cláusulas do acordo extrajudicial não podem contrariar o que já está determinado por lei. Por isso, a homologação de sentença trabalhista deverá atender aos procedimentos e normas estabelecidos pela legislação.

O que é a homologação de sentença trabalhista?

A Reforma Trabalhista, instituída pela Lei n. 13.467/2017, fixou que a homologação de sentença trabalhista sobre acordo extrajudicial deverá ser iniciada por uma petição conjunta. 

Assim, a homologação de sentença trabalhista é um processo, por meio do qual um acordo extrajudicial realizado entre o empregador e o empregado é ratificado ou homologado pela Justiça Trabalhista.

Para ser válido, o acordo extrajudicial deve ser elaborado em consonância com os princípios do negócio jurídico estabelecidos pelo Código Civil, artigo 104 e seguintes. A saber:

  • Ser realizado por agente capaz;
  • Ter objeto lícito, possível, determinado ou determinável;
  • Forma prescrita ou não defesa em lei.

Pode parecer claro que a relação trabalhista só pode ser efetiva se o agente for capaz, porém, há casos em que o empregado está com alguma enfermidade que limita suas faculdades mentais ou físicas, neste caso, o acordo não seria válido.

Em ato contínuo, o acordo extrajudicial – para ter homologação de sentença trabalhista -, precisa ter objeto lícito, possível, determinado ou determinável. Não podendo trazer ônus às partes.

E, por último, as cláusulas do acordo extrajudicial não podem contrariar o que já está determinado por lei. Por isso, ao receber o acordo, o juiz deverá analisar as cláusulas acordadas antes de proceder com a homologação de sentença trabalhista.

Portanto, a homologação de sentença é possível, desde que esteja de acordo com o prescrito em lei e que siga os demais requisitos determinados pela legislação trabalhista.

Nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, possui advogados especialistas em Direito do Trabalho, que oferecem serviços de consultoria e assessoria jurídica com foco nos direitos trabalhistas.

Ligue e agende sua consultoria com o Advogado Especialista em Direito Trabalhista.

Quais os benefícios da homologação de sentença trabalhista?

Será que vale a pena realizar um acordo extrajudicial e obter a homologação de sentença trabalhista? Será que o empregado não estará renunciando inúmeros direitos a que teria acesso se fosse demitido sem justa causa?

Esses são alguns dos questionamentos que você pode se fazer ao pensar na possibilidade de realizar um acordo extrajudicial. Porém, o essencial neste âmbito, é que você deve estar acompanhado por um profissional, que pode lhe aconselhar legalmente.

Há benefícios ao requerer a homologação de sentença, alguns destes benefícios incluem:

  • A redução de custas processuais, já que se trata de petição unificada pelas partes interessadas;
  • O tempo de solução da lide, pois apesar da Justiça do Trabalho ser reconhecida por seus procedimentos céleres, ainda assim há muitos procedimentos. Ao requerer a homologação de sentença trabalhista há uma significativa redução de fases procedimentais;
  • Caso a homologação de sentença trabalhista seja realizada de forma contrária ao acordo realizado, é possível recorrer da decisão;
  • Há segurança jurídica, uma vez que na homologação de sentença trabalhista, as partes têm a segurança de que a decisão foi aceita de acordo com as normas jurídicas;
  • A petição de homologação de acordo extrajudicial suspende o prazo prescricional da ação quanto aos direitos nela especificados;

Além destes benefícios, o artigo 855-C, da Reforma Trabalhista (Lei n. 13.467/2017), determina, in verbis: O disposto neste Capítulo não prejudica o prazo estabelecido no § 6o do art. 477 desta Consolidação e não afasta a aplicação da multa prevista no § 8o art. 477 desta Consolidação”.

Quer dizer, o processo da jurisdição voluntária para homologação de acordo extrajudicial não prejudica o prazo de 10 (dez) dias, contados a partir do término do contrato, para proceder com a anotação na na Carteira de Trabalho e Previdência Social, comunicar a dispensa aos órgãos competentes e realizar o pagamento das verbas rescisórias.

E, não afasta a multa assegurada ao empregado, que deve ser paga pelo empregador, em nível de indenização, paga na base da maior remuneração que tenha percebido na mesma empresa.

Em outras palavras, no acordo extrajudicial realizado pelas partes não pode haver cláusulas contrárias à fixação do artigo 855-C, da Reforma Trabalhista (Lei n. 13.467/2017), caso contrário, deverá ser alterada pelo magistrado.

Dessa forma, é possível realizar um acordo extrajudicial e obter a homologação de sentença como solução viável para os envolvidos e benéfica para ambos, desde que respeitados os ditames jurídicos.

O acordo extrajudicial é uma forma de solução de conflitos em que as partes envolvidas se comprometem a resolver seus problemas por meio de um acordo, sem a necessidade de seguir todos os procedimentos de um processo judicial litigioso.

A homologação de sentença, por sua vez, é uma etapa necessária para que o acordo extrajudicial seja reconhecido pela Justiça do Trabalho. Com essa homologação, os termos do acordo são válidos e se tornam obrigatórios para ambas as partes.

O escritório Galvão e Silva Advocacia, possui advogados especialistas em Direito do Trabalho, que oferecem serviços de consultoria e assessoria jurídica com foco nos direitos trabalhistas.

Ligue e agende sua consultoria com o Advogado Especialista em Direito Trabalhista.

O que ocorre após a homologação de sentença trabalhista?

A homologação de sentença trabalhista, para acordos extrajudiciais, é um processo possível e regulamentado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (Decreto-Lei n. 5.452/43) e alterado pela Lei de Reforma Trabalhista (Lei n. 13.467/2017).

Considerando que o acordo extrajudicial foi considerado válido ao ser julgado pelo magistrado das Varas de Trabalho, este concede a homologação de sentença trabalhista.

E o que acontece após a homologação de sentença trabalhista? É a partir deste momento, que o acordo tem validade e força para produzir os efeitos que foram determinados e aceitos de livre vontade.

Com a homologação de sentença trabalhista as partes ficam, definitivamente, obrigadas a cumprir o acordo extrajudicial. O empregador deve cumprir as determinações judiciais, como o pagamento de valores devidos ao empregado. 

Se o empregador não cumprir a homologação de sentença, existem meios para cobrar as verbas devidas. O empregado também pode entrar com ações para executar a sentença

Caso você esteja pensando em realizar um acordo extrajudicial com a empresa, consulte um advogado do nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, que possui advogados especialistas em Direito do Trabalho.

É possível fazer um acordo e obter a homologação de sentença trabalhista sem um advogado?

A Reforma Trabalhista determinou dois requisitos essenciais para homologação de sentença trabalhista sobre acordo extrajudicial, sendo eles: 

1) deverá ser iniciada por uma petição conjunta

2) as partes deverão ser obrigatoriamente representadas por advogado.

Ademais, de acordo com o §1º do artigo 6, da Lei n. 13.467/2017, o advogado não pode ser o mesmo para ambas as partes. Isso é, cada parte deverá ser representada por um advogado.

E, o §2º do mesmo dispositivo legal permite que o empregado seja representado por um advogado do sindicato de sua categoria. Todavia, é indispensável que tenha representação de advogado.

Essa obrigatoriedade, na verdade, é uma segurança jurídica para o empregado, para que este não seja enganado ou que tenha direitos diminuídos ao realizar um acordo extrajudicial.

Nesse sentido, é indispensável o acompanhamento de um advogado, como de nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, para que haja homologação de sentença trabalhista para acordo extrajudicial. 

O escritório Galvão e Silva Advocacia, possui advogados especialistas em Direito do Trabalho, que oferecem serviços de consultoria e assessoria jurídica com foco nos direitos trabalhistas.

Conclusão

Neste artigo, vimos que a homologação de sentença trabalhista, para acordos extrajudiciais, é um processo possível e regulamentado pela Consolidação das Leis Trabalhistas (Decreto-Lei n. 5.452/43) e alterado pela Lei de Reforma Trabalhista (Lei n. 13.467/2017).

O acordo extrajudicial pode ser benéfico e válido, desde que esteja de acordo com a regulamentação da legislação trabalhista. E, para obter a homologação de sentença é indispensável a representação das partes por um advogado.

Não realize acordos com a empresa sem antes consultar um advogado especializado, como o de nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, para que você não corra o risco de ter seus direitos subtraídos.

Obtenha a melhor assessoria jurídica em nosso escritório Galvão e Silva Advocacia, que possui advogados especialistas em Direito do Trabalho. Fale conosco!

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Como Legalizar Documentos Estrangeiros para...

Por Galvão & Silva Advocacia

08 abr 2024 ∙ 7 min de leitura

Homologação de Acordos Pré-Nupciais no...

Por Galvão & Silva Advocacia

21 fev 2024 ∙ 8 min de leitura

Homologação em Disputas de Custódia...

Por Galvão & Silva Advocacia

21 fev 2024 ∙ 8 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.