Servidor Público tem direito à revisão da vida toda?

Servidor Público tem direito à revisão da vida toda?

27/04/2023

8 min de leitura

Atualizado em

servidor-publico-tem-direito-a-revisao-da-vida-toda

Servidor público tem direito à revisão da vida toda? Em dezembro de 2022 o STF firmou tese sobre a possibilidade de revisão da vida toda para os segurados do INSS após a vigência da Lei n. 9.876/99, e antes da vigência das novas regras constitucionais, devendo ser aplicada a regra mais vantajosa para o segurado.

Porém, o servidor público está sob o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), razão pela qual, apenas em casos específicos, o servidor público tem direito à revisão da vida toda. Neste artigo, vamos analisar as regras e os direitos que regem os servidores públicos no que diz respeito à revisão da vida toda.

O escritório de advocacia Galvão & Silva tem advogados, altamente qualificados e especializados na área do Direito Previdenciário, que podem lhe esclarecer sobre os critérios para acessar tal benefício e se você tem direito à Revisão da Vida Toda.

O que é a Revisão da Vida Toda?

Antes de analisarmos se servidor público tem direito à revisão da vida toda, vamos entender o que é a Revisão da Vida Toda. Inicialmente, cabe mencionar que a Lei n. 8.213/91 é a norma que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social.

Assim, o artigo 29 da Lei n. 8.213/91, em sua redação original, previa que o salário de benefício era definido pela média aritmética simples de todos os últimos salários de contribuição, dos meses imediatamente anteriores ao do afastamento da atividade ou da data da entrada do requerimento, até o máximo de 36 (trinta e seis), apurados em período não superior a 48 (quarenta e oito) meses.

Esta redação foi alterada pela Lei n. 9.876/99, que dispõem sobre a contribuição previdenciária do contribuinte individual e sobre o cálculo do benefício. No entanto, em nova regra o salário de benefício consiste na média aritmética simples dos maiores salários de contribuição correspondentes a oitenta por cento de todo o período contributivo, multiplicada pelo fator previdenciário.

Em razão da alteração no cálculo do benefício, a Lei n. 9.876/99, determinou regra de transição que seria aplicada aos segurados que iriam se aposentar após a implantação da referida alteração, com o objetivo de não violar o direito dos que contribuíram para a previdência até 29 de novembro de 1999.

Ocorre que, por força da Lei n. 8.213/91, o segurado tem o direito de optar pela regra mais benéfica ao cálculo do seu benefício. Neste sentido, em dezembro de 2022, o Superior Tribunal Federal fixou a seguinte tese no Tema de Repercussão Geral n. 1.102, in verbis:

“O segurado que implementou as condições para o benefício previdenciário após a vigência da Lei 9.876, de 26/11/1999, e antes da vigência das novas regras constitucionais, introduzidas pela EC 103/2019, que tornou a regra transitória definitiva, tem o direito de optar pela regra definitiva, caso esta lhe seja mais favorável“.

Assim sendo, foi esta a tese, com eficácia vinculante, que garantiu a revisão da vida toda, com aplicação da regra mais favorável ao segurado. Mas e o servidor público, tem direito à revisão da vida toda? A seguir vamos saber sobre os critérios para aplicação da revisão e, posteriormente, verificar se o servidor público tem direito à revisão da vida toda.

Fale com um advogado especialista.

Quais os critérios para aplicação da Revisão da Vida Toda?

Até aqui, nota-se que para aplicação da revisão da vida toda é necessário observar muitos dispositivos de Lei, documentos e critérios para saber se você, de fato, faz jus à revisão. Por isso, saiba desde já, que o escritório de advocacia Galvão & Silva é especialista em Direito Previdenciário e poderá lhe orientar melhor sobre esta possibilidade.

Vamos conhecer os critérios para aplicação da revisão e, posteriormente, se servidor público tem direito à revisão da vida toda. O Tema 1.102 do STF foi quem sistematizou e estabeleceu critérios para o direito à revisão, sendo eles: 1) O segurado alcançou o direito ao benefício após a vigência da Lei n. 9.876/99; 2) O segurado alcançou o direito ao benefício antes da vigência das novas regras da Emenda Constitucional 103/2019; e, 3) Observância ao prazo prescricional de 10 anos.

Para realizar esta análise é preciso analisar os seguintes documentos:

  • Carta de Concessão de Benefício (CCB);
  • Carteira Profissional de Trabalho (CTPS);
  • Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS).

Caso estes documentos comprovem que o segurado tem direito a revisão da vida toda, a solicitação poderá ser realizada administrativamente, por meio do site do “Meu INSS”, ou por via judicial. Em ambos os casos, é importante que você tenha a assessoria de um advogado especialista para maior segurança do direito, procedimentos e processo.

Quando o servidor público tem direito à revisão da vida toda?

Mas então, o servidor público tem direito à revisão da vida toda? O servidor público é regido pelo Regime Próprio de Previdência Social (RPPS) e a revisão da vida toda se aplica aos segurados inseridos no Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Isto quer dizer que, em regra, o servidor público não tem direito à revisão da vida toda.

Porém, caso o servidor público tenha contribuído com o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) antes de ingressar no serviço público e se enquadrem nos critérios estabelecidos pelo Tema 1.102 do STF o servidor público pode requerer a análise da revisão.

Nesse sentido, para saber se o servidor público tem direito à revisão da vida toda é preciso que este obtenha assessoria jurídica no âmbito do Direito Previdenciário, pois o advogado poderá analisar o caso com todas as suas especificidades, documentos necessários e critérios cumpridos ou não para requerer a revisão.

Por isso, em geral, para garantir o direito à revisão da vida toda, o segurado deve se certificar de manter todos os seus registros, contribuições e documentos para ajustar todos os seus benefícios previdenciários. Em suma, o servidor público tem direito à revisão da vida toda, desde que cumpra os critérios estabelecidos pelo RGPS.

Além disso, é importante que o servidor público conheça os benefícios relacionados ao Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), verificando quais as possibilidades de revisão de benefício de aposentadoria mais benéfico ao seu caso.

Ligue agora e agende uma reunião.

A importância da assessoria e consultoria jurídica no Direito Previdenciário

Após anos de contribuição com a previdência, é preciso de máxima atenção ao momento em que o trabalhador e o servidor público podem dar entrada no benefício de aposentadoria. No mesmo sentido, a possibilidade de requerer a revisão do benefício já iniciado deve ser analisada com todo o cuidado possível.

Ao longo deste artigo, investigamos se o servidor público tem direito à revisão da vida toda e a cada etapa esclarecida, restou evidente, que o passo inicial para verificar se o servidor público tem direito à revisão da vida toda é consultar um advogado especialista em Direito Previdenciário.

Isso porque o direito à revisão da vida toda possui diversos critérios que devem ser analisados através dos documentos do segurado. Assim, é indispensável a orientação de profissionais juridicamente qualificados e especializados, os quais possuem o conhecimento das regras legais, verificando a possibilidade de concessão de benefícios ou para revisão destes.

O escritório de advocacia Galvão & Silva possui um departamento jurídico específico para Direito Previdenciário, contando com advogados especialistas nas regras para obtenção de benefícios previdenciários. Desta forma, caso você queira saber se servidor público tem direito à revisão da vida toda, estamos à disposição para análise do seu caso em específico.

A assessoria de um advogado especialista é extremamente importante para que o servidor público possa tirar suas dúvidas sobre a concessão e revisão de benefícios, pois a orientação do profissional com experiência na área irá lhe trazer mais segurança e esclarecimento sobre a possibilidade de revisão em benefício previdenciário.

Conclusão

O Tema 1.102 do Supremo Tribunal Federal, com efeito vinculante, possibilitou que os segurados que alcançaram o direito ao benefício após a vigência da Lei n. 9.876/99 e antes da vigência das novas regras da Emenda Constitucional 103/2019, tenham direito à revisão da vida toda.

Assim, observados estes critérios, indagamos se o servidor público tem direito à revisão da vida toda. Sendo destacado que caso o servidor público – antes de ingressar no serviço público – tenha contribuído com o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e se adeque às regras fixadas, sim, o servidor público tem direito à revisão da vida toda.

Porém, é preciso analisar cada caso para verificar se, de fato, aquele servidor público tem direito à revisão da vida toda. Neste sentido, é indispensável que o servidor público inserido no Regime Próprio de Previdência Social e o segurado inserido no Regime Geral de Previdência Social, tenham a orientação de um advogado especialista em Direito Previdenciário.

O escritório de advocacia Galvão & Silva é especialista na concessão e revisão de benefícios previdenciários. Isto, pois conta com advogados com experiência e comprometimento integral para que seus clientes alcancem a efetividade de seus direitos.

Portanto, caso você queira saber mais se o servidor público tem direito à revisão da vida toda, ou mesmo se precisar de orientação e acompanhamento jurídico para outros benefícios previdenciários, entre em contato agora mesmo com um de nossos advogados.

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Reprovação em Investigação Social: Como...

Por Galvão & Silva Advocacia

13 maio 2024 ∙ 8 min de leitura

Acumulação de Cargo Público:...

Por Galvão & Silva Advocacia

10 maio 2024 ∙ 9 min de leitura

Administração Tributária: Detalhe as...

Por Galvão & Silva Advocacia

09 maio 2024 ∙ 10 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.