Embargo de Declaração: Esclarecendo Dúvidas e Recursos Embargo de Declaração: Esclarecendo Dúvidas e Recursos

Embargo de Declaração: Esclarecendo Dúvidas e Recursos no Processo Judicial

03/08/2023

9 min de leitura

Atualizado em

embargo-de-declaracao

O Embargo de Declaração é de extrema importância por diversos motivos, pois representa um mecanismo valioso para assegurar a clareza, a coerência e a correção das decisões judiciais. Pensando na relevância da temática, os advogados do escritório Galvão & Silva Advocacia elaboraram este artigo.

O que é o embargo de declaração e em que situações ele pode ser utilizado?

O embargo de declaração é um recurso jurídico utilizado no sistema judicial brasileiro e em outros países com sistemas jurídicos similares. 

Ele é previsto no Código de Processo Civil (CPC) brasileiro, nos artigos 1.022 a 1.024, e tem como finalidade corrigir omissões, esclarecer obscuridades, eliminar contradições ou corrigir erros materiais presentes em uma decisão judicial proferida por juiz ou tribunal.

Em outras palavras, o embargo de declaração é uma ferramenta que as partes envolvidas em um processo judicial podem utilizar para questionar e solicitar esclarecimentos adicionais sobre pontos específicos da decisão que não foram abordados de forma clara ou que podem gerar dúvidas quanto à sua interpretação.

O recurso de embargo pode ser utilizado em diversas situações, tais como:

  • Omissões: quando a decisão não aborda algum ponto relevante ou de fundamental importância para a compreensão do caso, as partes podem pedir que o juiz ou tribunal esclareça e inclua essa questão na decisão.
  • Obscuridades: quando a decisão contém termos ou argumentos de difícil compreensão, ou quando a redação é ambígua, o embargo de declaração pode ser usado para solicitar que o juiz ou tribunal esclareça e torne o texto mais claro.
  • Contradições: se a decisão apresenta argumentos ou partes que são contraditórias entre si, as partes podem requerer que o juiz harmonize essas contradições.
  • Erros materiais: caso a decisão contenha erros evidentes, como erros de cálculo, de escrita ou de transcrição, o embargo de declaração pode ser utilizado para corrigir esses equívocos.
Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

É importante ressaltar que o embargo não pode ser utilizado para rediscutir o mérito da decisão ou para apresentar novas provas ou argumentos. Sua função é limitada a esclarecer ou corrigir pontos específicos da decisão já proferida.

O prazo para apresentar o embargo é curto e varia de acordo com a legislação do país ou região. No Brasil, por exemplo, o prazo é de 5 dias, contados a partir da publicação da decisão que se pretende questionar. O embargo de declaração é julgado pelo mesmo órgão que proferiu a decisão embargada, ou seja, pelo mesmo juiz ou tribunal.

Quem pode apresentar um embargo de declaração? Apenas as partes envolvidas no processo ou também terceiros interessados?

O embargo de declaração pode ser apresentado não apenas pelas partes diretamente envolvidas no processo, mas também por terceiros interessados que possuam legitimidade para atuar no caso. A legitimidade para interpor o embargo varia de acordo com o ordenamento jurídico de cada país e com as particularidades do processo em questão.

No sistema jurídico brasileiro, por exemplo, a legislação permite que tanto as partes do processo (autor e réu) quanto terceiros que tenham interesse jurídico na causa possam apresentar o embargo. Esses terceiros interessados podem ser pessoas físicas ou jurídicas que possuam relação direta ou indireta com o objeto do processo e que sejam afetadas pela decisão proferida.

Ademais, é relevante ressaltar que o embargo não pode ser utilizado como uma via para rediscutir o mérito da decisão ou como um novo meio de apresentar provas ou argumentos que já foram analisados durante o processo. Sua finalidade é limitada a esclarecer ou corrigir pontos específicos da decisão proferida.

Dessa forma, tanto as partes envolvidas diretamente no processo quanto terceiros interessados com legitimidade podem apresentar o embargo de declaração, desde que tenham interesse jurídico no objeto da causa e fundamentem adequadamente sua solicitação de esclarecimento ou correção da decisão judicial.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Quais os efeitos do embargo de declaração na decisão judicial? Ele pode alterar a decisão ou apenas esclarecer pontos da mesma?

O embargo de declaração possui como principal finalidade esclarecer pontos obscuros, corrigir omissões, eliminar contradições ou corrigir erros materiais presentes em uma decisão judicial. Dessa forma, seus efeitos estão relacionados à busca por uma decisão mais clara, consistente e livre de equívocos, mas o recurso não tem o poder de alterar o mérito da decisão.

Em outras palavras, o embargo não tem o propósito de modificar o conteúdo essencial da decisão proferida, nem de reavaliar os argumentos e provas já apresentados e analisados no processo. Ele se limita a esclarecer ou corrigir pontos específicos que tenham gerado dúvidas ou erros na decisão, visando proporcionar maior clareza e compreensão.

Os possíveis efeitos do embargo são:

  • Esclarecimento: o juiz ou tribunal pode esclarecer trechos ou termos da decisão que estejam obscuros ou de difícil compreensão, buscando tornar o texto mais claro para as partes envolvidas.
  • Suprimento de omissões: caso a decisão tenha deixado de abordar algum ponto relevante ou essencial para a compreensão do caso, o embargo permite que essa omissão seja corrigida, garantindo que todas as questões importantes sejam devidamente consideradas.
  • Correção de contradições: se a decisão apresentar argumentos ou partes que são contraditórias entre si, o embargo possibilita que essas incongruências sejam harmonizadas e corrigidas.
  • Eliminação de erros materiais: caso a decisão contenha erros óbvios, como erros de cálculos, de escrita ou de transcrição, o embargo pode ser utilizado para corrigir esses equívocos.

Portanto, o embargo de declaração não altera o resultado ou a conclusão da decisão, mas busca garantir que a decisão seja mais precisa, clara e consistente, a fim de evitar possíveis equívocos ou controvérsias na sua interpretação. 

Vale ressaltar que, mesmo após o embargo de declaração, as partes podem recorrer a outros recursos, caso desejem contestar ou rediscutir aspectos mais amplos da decisão judicial.

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Há limitações quanto ao número de embargos de declaração que podem ser apresentados?

Há limitações quanto ao número de embargos de declaração que podem ser apresentados em relação a uma mesma decisão judicial. 

No sistema jurídico brasileiro, por exemplo, o Código de Processo Civil estabelece que cada parte envolvida no processo tem o direito de interpor apenas um único embargo contra a mesma decisão.

Essa limitação tem o propósito de evitar que o recurso seja utilizado de forma excessiva ou como uma via para reavaliar o mérito da decisão, o que poderia comprometer a celeridade e a estabilidade do processo judicial. 

Por outro lado, se a parte apresentar um embargo e, após a análise, entender que a decisão ainda possui questões que necessitam de esclarecimentos adicionais, ela não poderá interpor novos embargos de declaração contra a mesma decisão. 

Em casos excepcionais, se houver erro material no julgamento do primeiro embargo de declaração, o juiz ou tribunal pode admitir um segundo embargo para corrigir a falha, mas essa situação é rara e depende da análise criteriosa do caso.

É possível que a decisão seja mantida após o embargo de declaração? Se sim, quais são as medidas posteriores para contestar a decisão?

É possível que a decisão seja mantida após o embargo de declaração. O embargo de declaração tem a finalidade de esclarecer pontos obscuros, corrigir omissões, eliminar contradições ou corrigir erros materiais presentes na decisão, mas não tem o poder de alterar o mérito da decisão em si.

Após a análise do embargo de declaração, o juiz ou tribunal responsável pela decisão pode decidir manter a decisão tal como foi proferida, sem alterações. Isso significa que as questões apontadas no embargo podem ter sido consideradas satisfatoriamente esclarecidas ou que não existem omissões, obscuridades, contradições ou erros materiais que justifiquem qualquer modificação na decisão original.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Caso a parte que tenha apresentado o embargo de declaração não esteja satisfeita com a resposta do juiz ou tribunal ou ainda deseje contestar o mérito da decisão, ela deve utilizar outros recursos disponíveis no ordenamento jurídico para buscar a revisão da decisão. Alguns dos recursos mais comuns que podem ser utilizados, dependendo da etapa do processo e da natureza da causa, são:

  • Apelação: é um recurso utilizado para contestar decisões judiciais de primeira instância (ou em alguns casos de segunda instância). A apelação é apresentada ao tribunal de instância superior, que reexamina o mérito da decisão e pode modificar ou manter a sentença proferida.
  • Recurso especial: é um recurso utilizado para contestar decisões que envolvam questões de direito infraconstitucional (não relacionadas à Constituição Federal) e que violem a legislação federal. É julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) no Brasil.
  • Recurso extraordinário: é um recurso utilizado para contestar decisões que envolvam questões de direito constitucional e que violem a Constituição Federal. É julgado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no Brasil.
  • Embargos infringentes: em alguns casos, quando houver divergência entre os votos dos julgadores em órgãos colegiados, as partes podem interpor embargos infringentes para rediscutir o mérito da decisão.

Cabe ressaltar que a admissibilidade e os prazos para a interposição desses recursos podem variar conforme o ordenamento jurídico de cada país e as regras processuais específicas. 

Outrossim, a decisão de interpor um recurso deve ser baseada em uma análise criteriosa do caso e das possibilidades de sucesso, sendo fundamental o acompanhamento de um advogado especializado para orientar sobre a melhor estratégia jurídica a ser adotada.

Importância de um advogado especialista em embargo de declaração

O papel desempenhado por um advogado especializado em embargo de declaração é de extrema relevância no contexto do sistema jurídico. Esses profissionais possuem conhecimento aprofundado sobre as normas processuais e jurisprudência relacionada ao recurso, permitindo que ofereçam uma orientação adequada às partes envolvidas no processo.

Em suma, a atuação de um advogado especializado em embargo de declaração é essencial para garantir a utilização correta desse recurso e para potencializar as chances de esclarecer ou corrigir pontos específicos na decisão judicial. Dessa forma, o profissional assegura a resolução mais adequada do caso, resguardando os direitos e interesses das partes envolvidas no processo.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Ter um advogado experiente ao lado é essencial para enfrentar efetivamente as questões legais envolvidas. Ficou interessado no assunto? Somos o Galvão & Silva, um escritório de advocacia especializado em embargo de declaração, com profissionais altamente qualificados, prezamos pela excelência e pela satisfação dos nossos clientes. Entre em contato agora mesmo, nossos profissionais terão prazer em ajudar você!

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Melhor advogado para Recurso Extraordinário

Por Galvão & Silva Advocacia

08 maio 2024 ∙ 8 min de leitura

(Re)valoração da Prova como Critério de...

Por Galvão & Silva Advocacia

07 maio 2024 ∙ 8 min de leitura

Por que contratar o Melhor Advogado para...

Por Galvão & Silva Advocacia

07 maio 2024 ∙ 8 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Homologação de sentença estrangeira

Por Galvão & Silva Advocacia

15 jun 2014 ∙ 41 min de leitura

Direito Administrativo

Por Galvão & Silva Advocacia

29 abr 2014 ∙ 28 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.