Erro Hospitalar e Erro Médico: Entendendo as Diferenças

Erro Hospitalar e Erro Médico: Entendendo as Diferenças de Responsabilidades

17/04/2024

6 min de leitura

Atualizado em

erro-hospitalar

No ambiente da saúde, a precisão e o cuidado são fundamentais para garantir o bem-estar dos pacientes. No entanto, erros podem ocorrer, levando a consequências graves. Neste contexto, é fundamental diferenciar entre “erro hospitalar” e “erro médico”, pois cada um implica diferentes níveis de responsabilidade e abordagens de resolução. Este artigo propõe esclarecer essas diferenças, com foco na palavra-chave “erro hospitalar”.

O que é Erro Hospitalar?  Qual o Papel da Instituição de Saúde?

Erro hospitalar é referente as falhas que ocorrem no âmbito das instituições de saúde, como hospitais, que podem afetar negativamente o tratamento ou a segurança do paciente. Esses erros podem ser administrativos, técnicos ou relacionados à infraestrutura e aos processos internos do hospital. Exemplos incluem a administração incorreta de medicamentos, infecções adquiridas no hospital, erros em procedimentos cirúrgicos devido a equipamentos defeituosos ou inadequados, e falhas na comunicação entre a equipe de saúde.

  1. Administração de Medicamentos: um dos casos exemplificativos mais comuns de erro hospitalar, é administração inadequada de medicamentos, seja devido a uma prescrição incorreta, erro de dosagem ou falha na comunicação entre a equipe médica.
  1. Infecções Hospitalares: outro tipo de erro hospitalar são as infecções adquiridas durante a estadia do paciente no hospital, muitas vezes devido a práticas inadequadas de higiene ou falhas nos protocolos de controle de infecção.
  1. Diagnóstico Tardio ou Errôneo: quando uma unidade hospitalar falha em diagnosticar corretamente um quadro clínico ou atrasa o diagnóstico de um paciente, isso também pode ser considerado um erro hospitalar, principalmente se isso resultar em danos adicionais ao paciente.
Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Qual é a Responsabilidade do Hospital Enquanto Protetor dos Pacientes?

Em casos de erro hospitalar, a responsabilidade recai principalmente sobre a instituição de saúde. Isso porque, os hospitais são responsáveis por promover a segurança clínica e o cuidado adequado de seus pacientes, e qualquer falha nesse aspecto pode resultar em ações legais por parte dos afetados.

Padrões de cuidados: as hospitais são obrigados a manter um padrão de cuidado elevado e seguir protocolos rigorosos para prevenir erros, e evitar que problemas para com seus pacientes. Quando esses padrões não são cumpridos, o hospital pode ser considerado responsável pelas consequências.

O que os hospitais podem e devem fazer para evitar que erros desse tipo aconteçam?

  • Treinamento adequado da equipe: garantir que a equipe hospitalar receba treinamento adequado e esteja atualizada com as melhores práticas médicas, fazendo com que esta tenha aptidão técnica, e, domínio no que exerce  é essencial para prevenir erros. Falhas na formação e supervisão da equipe podem levar a erros evitáveis.
  • Supervisão e Monitoramento: a supervisão adequada das práticas hospitalares e o monitoramento contínuo dos processos são fundamentais para identificar e corrigir problemas antes que eles afetem negativamente os pacientes.
  • Mantenha a Higienização Sempre em Perfeito Estado: manter sempre uma boa higienização é um ponto crucial para que uma unidade hospitalar evite complicações nos casos dos pacientes, além de não expô-los a agentes patológicos e infecções hospitalares. 
  • Implementação de Guias e Protocolos: utilizar protocolos baseados em evidências para procedimentos clínicos e cirúrgicos pode reduzir significativamente o risco de erros e complicações.
  • Checklists de Segurança: adotar checklists para procedimentos cirúrgicos e outros tratamentos críticos ajuda a garantir que todas as etapas necessárias sejam seguidas.
  • Controle de Infecções:implementar políticas estritas de controle de infecções, incluindo o uso adequado de equipamentos de proteção individual (EPIs) e a desinfecção regular de ambientes e equipamentos.
Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

O que é Erro Médico? Qual é a Responsabilidade do Profissional de Saúde?

Enquanto o “erro hospitalar” está relacionado aos erros cometidos pela instituição, envolvendo eventuais problemas com as instalações, padrões de cuidado, falta de aptidão técnica da equipe entre outros casos, o “erro médico” por outro lado, está diretamente relacionado à prática clínica individual do profissional de saúde, como diagnóstico incorreto, prescrição inadequada de tratamento ou negligência na realização de procedimentos médicos. Esse tipo de erro está intimamente ligado à atuação do profissional de saúde com o paciente, independente das condições estruturais e processuais do local onde o serviço é prestado.

  1. Diagnóstico Médico Incorreto: um erro médico comum, é o diagnóstico errôneo do quadro clínico de um paciente, que pode ocasionar tratamentos inadequados ou atrasados que, causando danos adicionais ao paciente.
  1. Complicações de Procedimentos: quando um procedimento médico é mal executado, seja devido imperícia, imprudência ou negligência, e isso resulta em complicações para o paciente, é considerado um erro médico
  1. Falha na Comunicação: a falta de comunicação eficaz entre o médico e o paciente, ou entre os membros da equipe médica, pode levar a erros de tratamento, prescrição de medicamentos incorretos e outras falhas que afetam a segurança do paciente. Quando o médico se comunica mal, ele tende a não conseguir transmitir as informações necessárias ao paciente, e tampouco absorver suas informações, dificultando ou impossibilitando um diagnóstico congruente. 
Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

Qual é a Responsabilidade do Profissional de Saúde Enquanto Garantidor do Cuidado Adequado?

Em casos de erro médico, a responsabilidade principal recai sobre o profissional de saúde envolvido no tratamento do paciente. Os médicos e outros prestadores de cuidados de saúde são obrigados a agir com diligência e seguir os padrões estabelecidos pela profissão.

  • Dever de Cuidado: as profissionais de saúde têm o dever legal e ético de fornecer cuidados adequados e competentes aos seus pacientes, seguindo os protocolos estabelecidos e aplicando o conhecimento médico atualizado.
  • Consentimento Informado: é responsabilidade do profissional de saúde informar adequadamente o paciente sobre os riscos e benefícios de um tratamento ou procedimento, permitindo que o paciente tome decisões informadas sobre sua própria saúde.
  • Padrões Profissionais: os profissionais de saúde devem aderir aos padrões éticos e profissionais de sua área de atuação, buscando sempre a excelência no cuidado aos pacientes e evitando condutas que possam colocar em risco a segurança dos mesmos. 

Entender as diferenças entre erro hospitalar e erro médico é essencial para identificar as responsabilidades e implementar estratégias eficazes de prevenção e gestão. Enquanto o erro hospitalar diz respeito a falhas sistêmicas e organizacionais da instituição de saúde, o erro médico está relacionado à prática clínica individual do profissional. Ambos requerem atenção e ações específicas para garantir a segurança e a qualidade do atendimento ao paciente. A adoção de práticas baseadas na melhoria contínua, na educação e na transparência pode contribuir significativamente para a redução desses erros e para a construção de um sistema de saúde mais seguro e confiável.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Caso tenha alguma dúvida sobre o tema, busque as orientações de um advogado especialista em Direito da Saúde, nossos profissionais do escritório Galvão & Silva possuem grande conhecimento sobre o assunto e estão à sua disposição. Agende uma consulta conosco.

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Urgência e Emergência: Na Negativa de Plano...

Por Galvão & Silva Advocacia

25 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Auxílio-doença: O que Você Precisa Saber...

Por Galvão & Silva Advocacia

22 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Carência no Plano de Saúde: Direitos do...

Por Galvão & Silva Advocacia

03 abr 2024 ∙ 6 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.