Administração Errada de Medicamentos: O que Deve Fazer?

Administração Errada de Medicamentos: O que a Família Deve Fazer?

18/03/2024

8 min de leitura

Atualizado em

administracao-errada-de-medicamentos

O comprometimento da qualidade de serviços em ambiente hospitalares é fundamental para a saúde dos seus pacientes. É por isso que a administração errada de medicamentos é uma preocupação séria na área da saúde, pois pode ter consequências adversas para os pacientes. 

Em termos legais, a má administração de medicamentos pode expor os hospitais a processos judiciais por negligência médica ou má prática médica. Os pacientes têm o direito de buscar reparação por danos físicos, emocionais e financeiros causados pela administração incorreta de medicamentos, o que pode resultar em compensações substanciais e danos à reputação da instituição hospitalar.

Portanto, é fundamental a implementação e cumprimento de protocolos de segurança relacionados à administração de medicamentos para garantir a segurança e o bem-estar dos pacientes. Essas práticas são essenciais para evitar erros de medicação e proteger os pacientes contra os riscos associados à má administração de medicamentos.

Dosagens erradas de medicamentos

A falta de conformidade com os protocolos de segurança de um ambiente hospitalar pode ocasionar na administração errônea de doses de medicamentos aos pacientes. Sub dosagens ou superdosagens são exemplos de erros significativos em pacientes.

A sub dosagem ocorre quando um paciente recebe uma dose de medicamento menor que a prescrita. Isso significa que o tratamento pode falhar na sua função, já que a quantidade consumida não é suficiente para ter um efeito eficaz, o que pode resultar no prolongamento, ou no agravamento, do problema inicial do paciente em questão.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

A superdosagem, por sua vez, ocorre quando um paciente consome uma dose maior do que a prescrita. Dependendo do medicamento consumido, essa administração errada de medicamentos pode ocasionar em efeitos colaterais graves ou danos à vida do paciente.

Falta de verificação de medicamentos

A administração errada de medicamentos pode se manifestar pela falta de verificação de medicamentos prescritos, e pode gerar diversas complicações como a ineficácia de um tratamento ou reações adversas e agravamento da condição médica de um paciente, por exemplo.

Considera-se um medicamento errado entregue a um paciente. O tratamento previsto pode simplesmente perder seus efeitos, e por isso sua eficácia, e prolongar o tempo de recuperação do paciente que, por isso, pode sofrer danos emocionais por ter sua alta adiada. Além disso, pode ser necessário arcar custos médicos adicionais, causando danos financeiros ao paciente; tudo isso por negligência do próprio serviço oferecido.

Consumo de medicamento por vias inadequadas

Existem diferentes vias pelos quais medicamentos podem ser consumidos por pacientes. Isso inclui via oral (pela boca), via intravenosa (diretamente pela corrente sanguínea), por vias intramuscular e subcutânea (em um músculo ou abaixo da pele, respectivamente), etc. A inadequação da via escolhida, para consumo de um medicamento, é ocasionada por erros de prescrição ou preparação dele, por exemplo. 

A má administração pode ocasionar em diversos problemas, incluindo irritação, inflamação e dor no local da via erroneamente escolhida. Além das complicações locais, uma via inadequada pode ser sinônimo de riscos sistêmicos, até mesmo tóxicos, para o paciente.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Efeitos colaterais de uma administração errada de medicamentos

Muitos medicamentos têm o potencial de causar efeitos colaterais indesejados, mesmo quando administrados corretamente. Então, quando um medicamento é administrado de forma incorreta, o risco de efeitos colaterais só tende a aumentar. 

As variadas reações decorrentes da administração errada de medicamentos representa um notório risco para a segurança dos pacientes de um hospital. Essas reações podem englobar desde efeitos colaterais leves até reações graves que requerem uma intervenção médica urgente.

Geralmente, administração errada de medicamentos podem gerar efeito colaterais como dores, ou desenvolver intolerâncias e reações alérgicas. Porém, em casos extremos pode haver consequências mais preocupantes na saúde e no bem-estar dos pacientes; é o caso de danos aos órgãos vitais e até morte dos pacientes.

Avaliação do paciente no caso de uma administração errada de medicamentos

Quando um paciente sofre danos pela ação de uma administração errada de medicamentos, é direito dela buscar reparações legais por danos sofridos, sejam eles físicos, emocionais ou financeiros. Por isso, em caso de administração errada de medicamentos, é importante uma ação rápida para a minimização de danos ao paciente e evitar maiores consequências legais. 

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

É necessário avaliar a situação do paciente. Esse processo se dá determinando a gravidade e o impacto de uma administração errada de medicamentos no paciente, verificando seus sinais vitais, avaliando seus sintomas e identificando possíveis efeitos colaterais.

Intervenção médica 

A depender do caso, o fornecimento de assistência médica imediata pode ser fundamental para intervir reações alérgicas, ou controlar sinais vitais e qualquer outra complicação resultante de uma administração errada de medicamentos. Assim, será possível reduzir o risco de consequências graves ao paciente.

Se o paciente desenvolver complicações devido ao consumo inadequado de um medicamento, é de responsabilidade médica o fornecimento de tratamentos adequados. Vale lembrar que durante todo esse processo de intervenção médica, é de suma importância monitorar, de perto, o paciente para avaliar suas respostas ao tratamento oferecido. Também é importante manter uma comunicação clara e eficaz com a equipe médica envolvida no caso do paciente em questão. 

Documentação do Incidente 

Documentar o incidente de administração errada de medicamentos é fundamental para garantir que as informações sejam registradas e medidas rápidas podem ser feitas para garantir o tratamento adequado após o erro de administração de medicamentos.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

A documentação de incidente também é importante para fins legais e de responsabilidade. Em caso de litígio ou investigação, os registros precisos e detalhados do incidente podem servir como evidência crítica para demonstrar que todas as medidas apropriadas foram tomadas para garantir a segurança e o bem-estar do paciente

Comunicação com a administração hospitalar

Ao relatar um incidente envolvendo uma administração errada de medicamentos, é importante garantir que o incidente seja devidamente documentado e investigado para ser possível a implementação de medidas que previnam recorrências futuras.

Uma vez comunicado, a administração hospitalar deve conduzir uma investigação completa do incidente, revisando todos os detalhes do evento, identificando suas causas e determinando quaisquer falhas nos processos ou procedimentos que possam ter contribuído para o erro.

Essa comunicação demonstra o compromisso do ambiente hospitalar com a segurança do paciente e a transparência de sua instituição. Isso promove uma cultura de segurança dentro do hospital, onde os erros são reconhecidos, analisados e utilizados como oportunidades de aprendizado para melhorar continuamente a qualidade dos cuidados de saúde.

Diretrizes de Notificação a autoridades competentes

As diretrizes de notificação se definem como procedimentos formais para possibilitar a implementação de medidas preventivas e melhoria de processos de segurança do paciente como a administração errada de medicamentos. Essas notificações contribuem para a transparência e responsabilidade que todo ambiente de saúde está sujeito. 

Clique no botão e fale agora com o advogado especialista

A partir dessas diretrizes, os ambientes hospitalares são incentivados a revisar, e aprimorar, seus processos internos de gestão de eventos adversos, incluindo a implementação de sistemas de relatórios eficazes, treinamento da equipe em práticas de segurança do paciente e revisão contínua das políticas e procedimentos relacionados. 

Por isso, a notificação de incidentes promove uma cultura de segurança onde os profissionais de saúde se sentem incentivados a relatar eventos adversos sem medo de retaliação, criando assim um ambiente onde os erros são vistos como oportunidades de aprendizado e melhoria contínua, em vez de falhas individuais ou negligência.

Transparência e Suporte ao paciente

A partir do momento que é identificado uma administração errada de medicamentos, é fundamental que a instituição hospitalar responsável demonstre apoio emocional ao paciente e à sua família, que enfrentam um momento de grande estresse pelo erro cometido. 

É importante haver um fornecimento de informações acerca dos processos do possível tratamento resultante dessa má administração, como a descrição das medidas corretivas que serão adotadas para que a situação seja resolvida o mais rápido possível. Além disso, o oferecimento de aconselhamentos ou suportes psicológicos podem ajudar o paciente e sua família a lidar melhor com a situação geral.

Qual o papel de um advogado na administração errada de medicamentos?

A administração errada de medicamentos é uma situação que ocasiona em diferentes consequências para pacientes e suas famílias. Quando ela ocorre, questões subjetivas sobre a responsabilidade hospitalar para com o paciente podem surgir.

Ligue e agende a sua consultoria com o Advogado Especialista.

Nesse contexto, é papel de um advogado fornecer uma orientação jurídica que investigue os detalhes do evento e considere os interesses de todos os envolvidos. Isso se dá por meio de explicações acerca dos direitos legais de cada parte, mostrando assim as opções disponíveis para a busca de uma reparação e resolução de possíveis disputas.

Caso seja necessário, o advogado pode representar os interesses do seu cliente em processos legais, como ações legais por negligência médica, apresentando argumentos e defendendo seus direitos legais, por meio de acordos justos entre as partes, por exemplo.

Conclusão

A administração errada de medicamentos é um evento sério que pode causar diversas consequências para os pacientes, suas famílias e os profissionais de saúde e demais funcionários envolvidos. Por isso, é de suma importância entender os impactos físicos, emocionais e legais que elas podem se sujeitar.

Nessa situação, a participação ativa de um advogado pode se mostrar fundamental para garantir direitos legais de todos os envolvidos citados, sejam eles os que causaram o erro ou os que sofreram por causa dele. Eles fazem com que os incidentes causados por essa administração falha sejam tratados de maneira transparente e responsável, que contribua para a melhoria contínua da segurança e da saúde, e prevenir que futuros problemas desse tipo ocorram.

Precisando de um Advogado Especialista em sua causa?Somos o escritório certo para te atender.

Para mais informações, entre em contato com nosso escritório de advocacia Galvão & Silva e agende uma consulta inicial com um dos nossos mais capazes profissionais do ramo de Direito Médico.

5/5 - (1 vote)
Autor
Galvão & Silva Advocacia

Artigo escrito por advogados especialistas do escritório Galvão & Silva Advocacia. Inscrita no CNPJ 22.889.244/0001-00 e Registro OAB/DF 2609/15. Conheça nossos autores.

Revisor
Daniel Ângelo Luiz Silva

Advogado especialista, formado pela pela Faculdade Processus em Brasília inscrito nos OAB DF sob o número 54.608, professor e escritor de diversos temas relacionado ao direito brasileiro.

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Posts relacionados

Urgência e Emergência: Na Negativa de Plano...

Por Galvão & Silva Advocacia

25 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Auxílio-doença: O que Você Precisa Saber...

Por Galvão & Silva Advocacia

22 abr 2024 ∙ 8 min de leitura

Erro Hospitalar e Erro Médico: Entendendo as...

Por Galvão & Silva Advocacia

17 abr 2024 ∙ 6 min de leitura

Posts recomendados

Advogado especialista em dívidas bancárias

Por Galvão & Silva Advocacia

28 dez 2020 ∙ 15 min de leitura

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.