Proteção patrimonial: O que é e como funciona! - Galvão & Silva

Proteção patrimonial: O que é e como funciona!

Por Galvão & Silva Advocacia

0 Comentários

8 min de leitura

A Proteção Patrimonial, também chamada de blindagem patrimonial, é uma questão bastante buscada por pessoas que desenvolvem algum nível de conforto financeiro e passam a buscar soluções para proteger esse patrimônio. Afinal, são várias as incertezas, sejam jurídicas ou não, que amedrontam as pessoas.

No artigo de hoje, explicaremos o conceito de proteção patrimonial, suas vantagens, as demais modalidades de blindagem e as respostas para as dúvidas mais comuns sobre o tema. Confira o conteúdo e entre em contato conosco caso uma estratégia de proteção se revele a solução ideal para você!

O que é proteção patrimonial?

Proteção, ou blindagem patrimonial, é o nome dado pelo meio jurídico para um conjunto de estratégias e práticas que auxiliam na proteção de um certo grupo de bens pertencentes a uma pessoa, família ou empresa. De forma geral, sua intenção é “isolar” estes bens de quaisquer tipos de riscos.

Significa dizer que a ideia é evitar riscos comuns do cotidiano, como processos judiciais. Multas e penalizações aconteçam. E, caso aconteçam, garantir que a sua ocorrência não tenha consequências no conjunto patrimonial de um indivíduo ou família.

A proteção patrimonial pode envolver uma série de ações, que incluem os cuidados com os bens no seu estado atual, até as questões futuras. É o caso do planejamento sucessório desburocratizado, por exemplo, facilitando antecipadamente o processo de inventário. Isso auxilia na redução do desgaste dos familiares em um momento tão delicado.

Fale com um advogado especialista.

Vantagens de contar com proteção patrimonial

Não é sem motivos que a proteção patrimonial é um serviço cada vez mais buscado por famílias de diferentes faixas de renda. Isto, pois seus benefícios são perceptíveis de diversas maneiras. Destarte, dentre aqueles que mais ouvimos relatos de clientes, definitivamente se destacam as seguintes:

Segurança para os bens

Você já deve ter observado que utilizamos proteção e blindagem como sinônimos neste artigo. Como o próprio nome indica, a principal intenção ao realizar uma estratégia deste tipo é evitar que os bens estejam juridicamente expostos a qualquer tipo de problema. 

É o mesmo que acontece em uma blindagem de um carro. Para melhor visualizar a situação, pense no seguinte exemplo: você tem um veículo e não quer que ele esteja vulnerável aos impactos de riscos externos, realizando sua blindagem.  

Assim sendo, juridicamente, se você não quer seu patrimônio vulnerável a problemas legais, pode optar por uma estratégia de proteção patrimonial.

Previsibilidade/redução de incertezas

Para muitas pessoas, a ideia de “evitar surpresas” pode parecer um tanto esquisita no cenário do direito. Mas definitivamente não é. Saber que nada está saindo do controle tem muito valor, e um exemplo característico disso é a possibilidade de usucapião.

Neste sentido, há modalidades de usucapião que exigem apenas cinco anos de exercício de posse para tomar a propriedade sobre o bem. Ademais, são inúmeros os exemplos que proporcionam um risco incerto sobre os bens privados, podendo ser evitados com a estratégia adequada.

Ligue agora e agende uma reunião.

Certeza de boas práticas legais

Em geral, o patrimônio é fruto de todo um trabalho executado por uma empresa ou atividade produtiva. Junto ao crescimento de um empreendimento, crescem os riscos de diversas naturezas. Assim, tais riscos podem ser tributários, trabalhistas, ambientais e de quaisquer outras regras que incidam sobre aquele negócio.

Em uma estratégia de proteção patrimonial também é possível garantir que as boas práticas exigidas estejam sendo tomadas em todos os pontos. Isso não apenas evita problemas jurídicos, como evita derrotas significativas caso eles efetivamente aconteçam, apesar das boas práticas tomadas.

Possibilidade de planejamento sólido

Planejar também é parte essencial de uma estratégia de sucesso a longo prazo. É justamente a eliminação de incertezas e surpresas que dão solidez a um planejamento de médio ou longo prazo.

Além disso, é possível realizar um planejamento sucessório consistente, evitando desgastes excessivos para a família e agilizando trâmites burocráticos. O mesmo pode ser dito para questões de divisões patrimoniais ou, até mesmo, riscos da atividade empresarial que são gerados ao patrimônio.

Os diferentes tipos de proteção patrimonial

Chamamos de proteção patrimonial a estratégia que foca, especialmente, na blindagem dos bens individuais ou de uma família. Trata-se, em geral, do patrimônio a ser utilizado por aquelas pessoas, seja em vida ou na ocasião de uma sucessão.

Existem, porém, vários outros tipos de proteção mais voltados a aspectos práticos de empresas ou de questões burocráticas. Idealmente, todos eles fazem parte de um mesmo conjunto de soluções. Por isso, é importante conhecer algumas das modalidades mais comuns:

Proteção patrimonial empresarial

A proteção patrimonial empresarial, também chamada de proteção empresarial, é aquela que acontece sobre todos os aspectos que exigem atenção dentro de uma empresa. Isso pode incluir a parte trabalhista, contratual, tributária, de integridade, além da elaboração de documentação interna, formas de registro de atividades, bem como os procedimentos de recebimento de novos colaboradores.

É comum que uma estratégia de proteção patrimonial também se estabeleça sobre a questão empresarial, pois ter a empresa juridicamente protegida é um sinônimo de ter seu patrimônio pessoal igualmente seguro.

Fale com um advogado especialista.

Proteção trabalhista

A proteção no âmbito trabalhista permite que empresas prestem constante atenção a todas as características normativas da sua relação com os empregados, buscando reduzir multas e posteriores gastos jurídicos em confrontos trabalhistas. Ela também costuma fazer parte de um processo estratégico mais amplo.

Proteção tributária

Da mesma forma que a proteção trabalhista, a de natureza tributária tem um caráter específico que pode se aplicar em diferentes pontos. Ela busca fazer o desenvolvimento de estratégias que garantam a segurança da empresa frente às cobranças fiscais, além de estudar alternativas lícitas para reduzir a carga tributária dentro das atividades da empresa.

Já no âmbito pessoal, ela também é considerada essencial, pois permite um planejamento tributário que implica em menos custos e menos procedimentos burocráticos desgastantes em uma série de situações legais.

Perguntas frequentes sobre proteção patrimonial

Praticamente todas as semanas, recebemos dúvidas sobre questões de proteção patrimonial. Como sabemos que essas dúvidas também podem ser suas, nossa equipe de advogados especialistas no assunto preparou esta sessão de perguntas e respostas rápidas:

Como a proteção patrimonial auxilia na proteção dos bens da minha família?

A proteção patrimonial auxilia na blindagem dos bens familiares de várias maneiras. De um lado, busca a certeza de que todos os aspectos legais estejam corretamente considerados e em dia. Ao mesmo tempo, encontra maneiras de garantir que esses bens sejam o menos onerosos possíveis em termos de manutenção – especialmente sob a lógica tributária.

Para modalidades mais avançadas, ainda, ela integra um planejamento sucessório fluido, com o mínimo de interrupções burocráticas possíveis, em oposição a um inventário complicado e desgastante.

Ligue agora e agende uma reunião.

Como o próprio nome indica, as técnicas de blindagem jurídica são feitas para proteger pessoas, empresas e patrimônio de complicações legais, o que necessariamente implica na conformidade plena com a própria legislação.

Ao contrário do que muita gente pensa, boa parte de um trabalho de blindagem consiste em desenvolver estratégias para tornar a conformidade  legal parte inviolável de uma rotina, sempre registrando corretamente todas as atividades, para poder demonstrar esta conformidade legal em um cenário em que isso seja exigido.

Proteção patrimonial é garantia de não ter incômodos na justiça?

Essa é uma questão muito importante e que gera muitas dúvidas: proteção significa menos riscos de sofrer consequências graves. Não significa, porém, que você não terá incômodos. Neste sentido, mesmo uma pessoa que nunca cometeu nenhuma irregularidade pode ser processada por um motivo qualquer. 

A grande diferença é que, tendo tomado todas as medidas de precaução, fica muito mais fácil demonstrar a ausência de culpa. Isso reduz ou elimina as consequências, mas não significa estar “imune” a quaisquer tentativas.

Quais as qualidades de um bom escritório de advocacia para proteção patrimonial?

Ao longo do texto, você deve ter percebido que a proteção patrimonial, ou sua blindagem, exige um conhecimento bastante amplo por parte de quem trabalha na estratégia. São necessários conhecimentos em áreas tributárias, administrativas, empresariais, contábeis e várias outras. 

Por isso, contar com um escritório que apresente essa multiplicidade de conhecimentos é absolutamente essencial. A Galvão & Silva Advocacia crê na multidisciplinaridade de especialidades como parte de uma estratégia sólida de atendimento completo de seus clientes, o que faz com que tantas pessoas contem conosco para elaborar uma estratégia de blindagem.

Qual o melhor momento para elaborar uma estratégia de proteção patrimonial

Muita gente pensa que a melhor hora para desenvolver uma estratégia de proteção patrimonial é depois que o acúmulo de patrimônio já é bastante significativo. Essa é, porém, uma das questões que mais recebemos aqui no escritório, e que mais mostramos não ser bem como as pessoas pensam.

Quanto mais cedo você contar com uma estratégia de proteção patrimonial, mais tranquilo será o seu processo de evolução patrimonial, sob a certeza e a segurança de que seus bens estarão sob as condições ideais para evoluírem sem risco.

Agora que você já conhece a importância da estratégia de proteção patrimonial e entende que o momento ideal para contar com este planejamento é o quanto antes, você já pode marcar uma consulta com a nossa equipe para considerar os próximos passos que irá tomar para proteger o seu futuro e o da sua família!

5/5 - (1 vote)

Atualizado em 23 de janeiro de 2023

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado

Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.

Posts relacionados

Dissolução parcial de sociedade

Por Galvão & Silva Advocacia

26 jan 2023 ∙ 7 min de leitura

Sociedade de responsabilidade limitada:...

Por Galvão & Silva Advocacia

17 jan 2023 ∙ 7 min de leitura

Entenda como funciona a constituição de uma...

Por Galvão & Silva Advocacia

04 jan 2023 ∙ 8 min de leitura

Posts recomendados

Divórcio Extrajudicial de forma Simples e...

Por Galvão & Silva Advocacia

28 fev 2020 ∙ 5 min de leitura

Entenda o que é Inventário, e para que...

Por Galvão & Silva Advocacia

23 maio 2019 ∙ 3 min de leitura

Entenda como funciona um Inventário de forma...

Por Galvão & Silva Advocacia

28 jan 2019 ∙ 14 min de leitura

Onde nos encontrar

Sede principal - Venâncio Shopping

SCS Quadra 08, Venâncio Shopping, Bloco B-60, 2º Andar, Salas 203 e 204 – Brasília-DF CEP: 70.333-900

Onde nos encontrar

Águas Claras

Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte - Brasília DF, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino.
© 2023 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados.
Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Auarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.