Advogado Especialista em Partilha de Bens - Galvão & Silva Advogado Especialista em Partilha de Bens - Galvão & Silva

Se Você Está
Procurando Por...

  • Regimes de Bens
  • Partilha de Bens
  • Divisão dos Bens em União Estável
  • Diferença na Divisão de Bens Entre Casamento e União Estável
  • Divisão de Bens em Divórcio Extrajudicial

Então nós podemos te ajudar. Basta preencher o formulário para conversar com um de nossos advogados especialistas ainda hoje.

Converse com um advogado

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato personalizado:

Partilha de Bens: Conceito: Divisão da herança entre herdeiros ou pessoas com direito, após análise do testamento e inventário dos bens deixados pelo falecido.

O que é a partilha de bens?

A partilha de bens é a divisão da herança entre os herdeiros ou pessoas com direito a ela. Isso acontece depois de analisar o testamento e fazer o inventário dos bens deixados pela pessoa falecida.

Como são separados os bens do casal?

Embora muitas pessoas só pensem nisso na ocasião da separação, os bens de um casal são separados conforme o regime de bens definido entre eles no momento em que se forma o casamento ou a união estável.

No geral, há quatro categorias de regimes de bens, que podem ser adaptados por acordo do casal, caso prefiram. São eles: Regime de Separação de Bens, de Comunhão Parcial de Bens, de Comunhão Universal de Bens e a Participação Final nos Aquestos.

O Regime de Separação de Bens é aquele onde os bens do casal não se comunicam ao longo da união estável ou casamento, tendo – cada um – seus próprios bens.

Na Comunhão Parcial de Bens, o patrimônio adquirido ao longo da união passa a ser do casal, devendo ser dividido na ocasião de um divórcio.

Na Comunhão Universal de Bens, o patrimônio anterior ao casamento e aquele adquirido durante a vida conjugal passa a ser dividido integralmente para o casal.

Já na Participação Final dos Aquestos, o patrimônio não é compartilhado ao longo do casamento ou união estável. Porém, no caso de uma dissolução ou divórcio, os bens que tenham sido adquiridos de forma onerosa (comprados ou trocados, por exemplo) pelo casal, serão divididos.

Como é a divisão de bens de uma união estável?

Caso se trate de uma união estável em vez de um casamento, tudo dependerá da existência ou não de um contrato de convivência. O contrato de convivência é o equivalente ao pacto antenupcial de um casamento, mas se aplica à união estável.

Se o casal tem uma união estável sem o contrato de convivência, serão aplicadas as regras do regime de comunhão parcial de bens. Vale lembrar e a comunhão será aplicada desde o início da união de fato, e não apenas desde a oficialização, caso ela perdurasse por mais tempo.

Já se o casal tiver um contrato de convivência, é o regime estabelecido nele que será seguido para a partilha de bens.

Como fica a divisão de bens em um divórcio extrajudicial?

No caso de um divórcio extrajudicial, o elemento do consenso sempre fará parte daquilo que é definido pelo casal. Em regra, segue-se e aplica-se o regime de bens que rege aquele casamento, aceitando-se algumas modificações simples, que acomodem a divisão sem maiores incômodos, como precisar liquidar bens imóveis, por exemplo.

Como fica a divisão de bens em uma união estável nunca reconhecida?

Como a união estável decorre de um fato – que é um convívio de casal estável e duradouro – ele pode ser reconhecido mesmo depois que o relacionamento já acabou. Neste caso, pode-se solicitar judicialmente o reconhecimento da união estável seguido pela dissolução da mesma. Neste caso, sobre o período em que a união estável foi reconhecida, a divisão de bens seguirá o regime legal para esta modalidade, que é a comunhão parcial de bens.

Como é feita a partilha dos bens?

Se o falecido não tiver filhos, pais ou avós, a herança vai para irmãos, tios e primos, seguindo a ordem de parentesco mais próxima.

Como deve ser feita a partilha de bens?

A partilha de bens pode ser feita por acordo entre as partes, seja via extrajudicial ou judicial. Em inventários, segue-se as regras legais, podendo ser extrajudicial ou judicial.

Como se faz a partilha de bens entre herdeiros?

A pessoa pode escolher, em vida e por testamento, como dividir até 50% do seu patrimônio. Os outros 50% são divididos entre os herdeiros necessários por lei.

O que diz o Código Civil sobre partilha de bens?

Na separação judicial, os bens são divididos. A proposta de divisão pode ser feita pelos cônjuges e aprovada pelo juiz ou decidida por ele.

Como é feito o cálculo da partilha de bens?

O cônjuge sobrevivente recebe 50% dos bens (meação). Os outros 50% são divididos entre os filhos como herança.

Se você está em busca de um Especialista em Partilha de Bens, o profissional mais indicado para auxiliá-lo é o advogado de família. E, nesse contexto, o Galvão e Silva Advogados se destaca por contar com um especialista altamente qualificado nessa área. Com vasta experiência e conhecimento jurídico, nosso especialista em Partilha de Bens está pronto para oferecer suporte e orientação em questões relacionadas à divisão de patrimônio, garantindo um processo justo e transparente para todas as partes envolvidas. Conte conosco para resolver suas questões de partilha com segurança e eficiência.

5/5 - (1 vote)
Escritório bem avaliado Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.
Excelência O Galvão & Silva Advocacia

Ao longo do tempo acumulamos larga experiência, formando equipes profissionais altamente qualificadas, mestres em suas áreas de atuação e buscando incorporar tecnologias operacionais de mercados mais avançados.

Inovação e Criatividade

Transformamos as ideias em realidade, sempre oferecendo um serviço de excelência.

Tecnologia de Ponta

Sempre buscando novas tecnologias, oferecemos uma melhor experiência para o cliente.

Profissionais Especializados

Um escritório Full Service com advogados peritos em cada área do direito.

Atendimento de Excelência

Atendimento humanizado. Tudo pensado para melhor te atender, buscando um alto índice de satisfação.

Agilidade na Solução

Celeridade no atendimento e eficiência na prestação do serviço.

Localização Estratégica

Estando localizado no centro de Brasília, alcançamos o sucesso nos processos em um curto prazo.

Onde nos encontrar
Goiânia - GO
Av. Portugal, n°1148, Sala C 2501 - Edifício Órion Business & Health Complex, Setor Marista, Goiânia - GO CEP: 74.150-030
São Paulo - SP
Avenida Paulista, 1636 - Sala 1504 - Cerqueira César, São Paulo - SP CEP: 01.310-200
Belo Horizonte - BH
Rua Rio Grande do Norte, 1435, Sala 708 - Savassi, Belo Horizonte - MG CEP: 30130-138
Águas Claras - DF
Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino, Brasília - DF CEP: 71950-770
Fortaleza - CE
Rua Monsenhor Bruno, nº 1153, Sala 1423 - Scopa Platinum Corporate, Aldeota, Fortaleza - CE CEP: 60115-191
Florianópolis - SC
Av. Pref. Osmar Cunha, 416, Sala 1108 - Ed. Koerich Empresarial Rio Branco, Centro, Florianópolis - SC CEP: 88015-200
Natal - RN
Avenida Miguel Alcides de Araújo, 1920, Lote A, Capim Macio, Natal - RN CEP: 59078-270
Salvador - BA
Avenida Tancredo Neves, 2539, Sala 2609 - CEO Salvador Shopping Torre Londres, Caminho das Árvores, Salvador - BA CEP: 41820-021
Teresina - PI
Rua Thomas Edson, 2203 - Horto, Teresina - PI CEP: 64052-770
Curitiba - PR
Rua Bom Jesus, Nº 212, Sala 1904 - Juvevê - Curitiba - PR CEP: 80.035-010
João Pessoa - PB
Avenida Dom Pedro I, no 719, sala 104, Tambiá - João Pessoa - PB CEP: 58020-514

©2024 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados. CNPJ 22.889.244/0001-00 | OAB/DF 2609/15

Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Aguarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.