Advogado tem fé pública para autenticar documentos? - Galvão & Silva

Advogado tem fé pública para autenticar documentos?

Converse com um advogado

Preencha o formulário abaixo e receba nosso contato personalizado:

Por Galvão & Silva Advocacia

0 Comentários

1 min de leitura

Advogado tem fé pública para autenticar documentos?

Muitos advogados reclamam que possuem enorme quantidade de trabalho e, com grande frequência, se veem com despachos de juízes requerendo que os documentos juntados aos autos venham com certidões de autenticidade expedidas por seus cartórios de origem, nos casos em que são oriundos de outros processos.

Tais atos geram o pagamento de custas e demoram, o que leva a um gasto financeiro para o cliente e um gasto de tempo para o advogado. Esse cenário traz o questionamento sobre a existência de um meio mais simples de resolver essa questão. A resposta é que, sim, há: o advogado tem fé pública para autenticar documentos.

Fale com um advogado especialista.

O que é fé pública?

Fé pública é a capacidade de conceder crédito a um documento, de garantir que determinado documento ou cópia é verídico.

O advogado e a fé pública

Desde 2006, com o advento da Lei 11.382/06, o advogado necessita, tão somente, declarar, seja em petição inicial ou intercorrente, que as fotocópias apresentadas nos autos são verdadeiras. Com isso, haverá a presunção de que tal afirmativa é verdadeira. Para isso, no entanto, o advogado, em sua petição, deve informar que os documentos anexos são autênticos, citando os dispositivos legais que lhe garantem fé pública.

Importante compreender, todavia, que tal presunção de veracidade é relativa, podendo ter sua veracidade impugnada.

A intenção do legislador, ao conceder fé pública par ao advogado, teve a intenção de dar celeridade aos processos e auxiliar na busca pelo tratamento igualitário entre advogados, membros do Ministério Público, juízes de Tribunais de Justiça e demais membros do Poder Judiciário.

Apesar desse entendimento, no entanto, muitos magistrados ainda solicitam certidões de autenticidade dos documentos apresentados pelos advogados. Tal atitude, no entanto, é ilegal.

Conclusão

Como vimos, o advogado tem fé pública para autenticar documentos. Com isso, dá-se maior celeridade para o processo, poupa-se tempo e dinheiro e é concedida mais igualdade entre advogados e demais profissionais do Poder Judiciário.

Ficou alguma dúvida? Precisa do serviço de um advogado? Entre em contato com nosso escritório de advocacia!

4/5 - (4 votes)

Atualizado em 22 de outubro de 2020

Deixe um comentário ou Sugestão:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Escritório bem avaliado

Temos uma reputação global por fornecer serviços jurídicos excepcionais.

Posts relacionados

Advogado administrativo em Brasília –...

Por Galvão & Silva Advocacia

25 jan 2023 ∙ 11 min de leitura

Como contratar um advogado particular?

Por Galvão & Silva Advocacia

23 jan 2023 ∙ 8 min de leitura

Como confiar em um advogado?

Por Galvão & Silva Advocacia

18 jan 2023 ∙ 9 min de leitura

Posts recomendados

Divórcio Extrajudicial de forma Simples e...

Por Galvão & Silva Advocacia

28 fev 2020 ∙ 5 min de leitura

Entenda o que é Inventário, e para que...

Por Galvão & Silva Advocacia

23 maio 2019 ∙ 3 min de leitura

Entenda como funciona um Inventário de forma...

Por Galvão & Silva Advocacia

28 jan 2019 ∙ 14 min de leitura

Onde nos encontrar

Sede principal - Venâncio Shopping

SCS Quadra 08, Venâncio Shopping, Bloco B-60, 2º Andar, Salas 203 e 204 – Brasília-DF CEP: 70.333-900

Onde nos encontrar

Águas Claras

Rua das Pitangueiras 02 Águas Claras Norte - Brasília DF, Lote 11/12, Edifício Easy, Mezanino.
© 2023 Galvão & Silva - Todos os Direitos Reservados.
Entrar em contato pelo WhatsApp
✓ Válido

Olá, tudo bem? Clique aqui e agende uma consulta com o especialista.
Formulário de whatsapp
Ligar
Auarde um momento enquanto geramos o seu protocolo de atendimento.